Author Archive: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

rss feed Facebook Twitter Pinterest Flickrr LinkedIn YouTube

Author's Website →

Apresentações do Workshop OpenAIRE Portugal – Ciência Aberta, Open Access & Open data no H2020

Apresentações do Workshop OpenAIRE Portugal – Ciência Aberta, Open Access & Open data no H2020

Decorreu no dia 4 de novembro de 2016 o Workshop OpenAIRE Portugal dedicado ao tema: “Ciência Aberta e os requisitos dos financiadores: Open Access e Open Data no H2020”.

banner_workshop_openaire

Todas as apresentações realizadas ficam disponíveis para download:

Apresentação do workshop e introdução OpenAIRE, Ana Miguéis (Universidade do Coimbra) e Eloy Rodrigues (Universidade do Minho) – SLIDES

From Open Access to Open Science, Stephen Curry (Imperial College London – Faculty of Natural Sciences) – SLIDES

Acesso Aberto no H2020: requisitos da política de Acesso Aberto da CE no Horizonte 2020, Eloy Rodrigues (Universidade do Minho) – SLIDES

Dados Abertos no H2020: projeto piloto dos dados abertos e gestão de dados de investigação no Horizonte 2020, Pedro Príncipe (Universidade do Minho) – SLIDES

OpenAIRE: serviços e ferramentas para projetos, Pedro Príncipe (Universidade do Minho) – SLIDES

image1

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 8 de Novembro de 2016 Read More →
Workshop OpenAIRE Portugal – 4 de novembro 2016: Ciência Aberta e os requisitos dos financiadores: Open Access e Open Data no H2020

Workshop OpenAIRE Portugal – 4 de novembro 2016: Ciência Aberta e os requisitos dos financiadores: Open Access e Open Data no H2020

Os Serviços de Documentação da Universidade do Minho, enquanto secretariado português do OpenAIRE promove, com o apoio da Universidade de Coimbra, no próximo dia 4 de novembro, das 09h30 às 12h30, o workshop “Ciência Aberta e os requisitos dos financiadores: Open Access e Open Data no H2020”.

O OpenAIRE – infraestrutura de Acesso Aberto para a investigação na Europa – é o serviço que apoia a implementação da política de Ciência Aberta da Comissão Europeia no quadro do Horizonte 2020. Os secretariados nacionais do OpenAIRE têm vindo a promover workshops de âmbito local para trabalhar as diferentes áreas de desenvolvimento dos requisitos das políticas de Acesso Aberto e Dados Abertos do Horizonte 2020.

banner_workshop_openaire

Com este workshop pretende-se compreender os desafios da Ciência Aberta para as instituições de investigação em Portugal e para os investigadores e conhecer na prática os requisitos das políticas da Comissão Europeia para as publicações em acesso aberto e dados de investigação abertos.

A primeira parte do workshop será dedicada a compreender as diferentes dimensões da ciência aberta, implicações e desafios, focando-se a segunda parte em aspetos práticos do Open Access e Open Data no H2020 – quais os requisitos obrigatórios, como cumprir as políticas da CE, que infraestruturas e sistemas existem disponíveis para apoiar os investigadores, coordenadores de projetos, gestores de ciência e bibliotecários, como gerir os requisitos na elaboração de propostas e na execução do projeto.

AGENDA:

09h30 – Boas-vindas e apresentação do workshop, Ana Miguéis (Universidade do Coimbra) e Eloy Rodrigues (Universidade do Minho)

09h45 – From Open Access to Open Science, Stephen Curry (Imperial College London – Faculty of Natural Sciences)

10h30 – Acesso Aberto no H2020: requisitos da política de Acesso Aberto da CE no Horizonte 2020, Eloy Rodrigues (Universidade do Minho)

11h00 – Pausa para café

11h15 – Dados Abertos no H2020: projeto piloto dos dados abertos e gestão de dados de investigação no Horizonte 2020, Pedro Príncipe (Universidade do Minho)

11h45 – Open Access & Open Data na prática dos projetos H2020, perguntas & respostas com Eloy Rodrigues e Pedro Príncipe (Universidade do Minho)


Local: Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra (ver: www.uc.pt/iii/contactos)

Data: 4 de novembro de 2016, das 09h30 às 13h00

Inscrições: https://goo.gl/forms/rc21dxV80GZsNA3S2


ORGANIZAÇÃO: Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

APOIO: Serviço Integrado das Bibliotecas da Universidade de Coimbra

Evento integrado no programa da 7ª CONFERÊNCIA LUSO-BRASILEIRA SOBRE ACESSO ABERTO – http://confoa.rcaap.pt.

image

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 11 de Outubro de 2016 Read More →
Projeto-piloto de Dados Abertos no H2020 apresentado no webinar OpenAIRE

Projeto-piloto de Dados Abertos no H2020 apresentado no webinar OpenAIRE

A Comissão Europeia (CE) criou no âmbito do Horizonte 2020 o projeto-piloto de dados abertos que visa melhorar e maximizar o acesso e a reutilização dos dados de investigação gerados pelos projetos que financia. A CE requer aos investigadores o depósito dos dados de investigação, incluindo metadados associados, necessários para validar os resultados apresentados em publicações científicas, especificando ainda a necessidade de definição de planos para a gestão dos dados produzidos.

webinar_dados_2016

Os Serviços de Documentação da Universidade do Minho, enquando secretariado nacional da infraestrutura OpenAIRE, realizaram no dia 5 de abril um webinar de esclarecimento sobre os dados abertos no Horizonte 2020, detalhando os requisitos do projeto-piloto da CE para os dados abertos de investigação no H2020.

Os webinar de hora e meia apresentou cinco tópicos:

  1. Do piloto Open Access no 7ºPQ ao piloto dos Dados Abertos no H2020
  2. Detalhes do projeto piloto dos dados de investigação abertos no H2020
  3. Planos de Gestão de Dados no piloto de dados abertos do H2020
  4. Repositórios de dados e o Zenodo
  5. Dados científicos e os serviços de apoio da infraestrutura OpenAIRE

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 5 de Abril de 2016 Read More →
Disponível gravação do webinar “Acesso Aberto no Horizonte 2020”

Disponível gravação do webinar “Acesso Aberto no Horizonte 2020”

No passado dia 1 de março os Serviços de Documentação da Universidade do Minho (SDUM) promoveram um webinar dedicado ao “Acesso Aberto no H2020”, onde foram apresentados em detalhe os requisitos da política Open Access que a Comissão Europeia estabeleceu para o programa Horizonte 2020 e as ferramentas e serviços do projeto OpenAIRE disponíveis para apoiar o cumprimentos desses requisitos.

banner_noticia_webinar1marco

Os conteúdos deste webinar destinado a investigadores, coordenadores de projetos, gestores de ciência e repositórios estão já disponíveis para consulta: gravação e slides. Vídeo da gravação também disponível no youtube.

Este evento, bem como outros webinars programados para este ano, realizam-se no âmbito das atividades dos SDUM enquanto secretariado nacional do Open Access da infraestrutura OpenAIRE e iniciativa de outros projetos Open Access europeus (FOSTER e PASTEUR4OA).

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 8 de Março de 2016 Read More →
Apresentação e gravação do webinar: “Apoios para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto nos projetos do 7º PQ”

Apresentação e gravação do webinar: “Apoios para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto nos projetos do 7º PQ”

Os investigadores envolvidos em projetos apoiados no âmbito do 7º Programa-Quadro e que já finalizaram o contrato de financiamento podem requerer fundos para financiar as taxas de publicação em Acesso Aberto.

Os requisitos e detalhes deste instrumento de apoio disponibilizado pela Comissão Europeia foram apresentados no webinar OpenAIRE (Portugal) realizado no passado dia 8 de fevereiro. A gravação e conteúdos apresentados podem ser acedidos livremente em:

Gravação: https://webconf-colibri.fccn.pt/rec/2015074028

Slides: http://tinyurl.com/gmrn5ow

Decorre, desde abril de 2015, um projeto piloto da Comissão Europeia para apoio à publicação em Acesso Aberto que disponibiliza financiamento para projetos do 7º PQ já concluídos e por um prazo limite de dois anos após a data dessa conclusão. Resumidamente, este instrumento de apoio operacionalizado pelo projeto OpenAIRE2020, rege-se pelas seguintes regras e princípios gerais:

  • Foram disponibilizados pela CE quatro (4) milhões de euros para apoiar o pagamento de taxas de publicação em Acesso Aberto (APCs) para projetos do 7º PQ, até dois anos após a data final do acordo de financiamento.
  • Só serão financiadas até três (3) publicações por projeto. Os tipos de publicações que podem receber estes apoios são: artigos, livros, capítulos de livros, e atas de conferências.
  • Só as publicações com revisão por pares podem obter financiamento. Poderão ser requeridas evidências do processo de revisão por pares.
  • Está disponível um sistema centralizado onde podem ser efetuados os pedidos e pode ser monitorizado todo o processo – https://postgrantoapilot.openaire.eu.

Informação resumida em português: http://openaccess.sdum.uminho.pt/?p=3995

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 16 de Fevereiro de 2016 Read More →
Open Access e Dados Abertos no Horizonte 2020 divulgados nos webinars 2016 do OpenAIRE Portugal – inscreva-se!

Open Access e Dados Abertos no Horizonte 2020 divulgados nos webinars 2016 do OpenAIRE Portugal – inscreva-se!

No âmbito dos projetos Open Access OpenAIRE, PASTEUR4OA, FOSTER e RCAAP vão realizar-se vários webinars durante o ano de 2016 que visam apoiar a implementação da política Open Access da Comissão Europeia para o Horizonte 2020.

banner_webinars_openaire_projetos_2016Estes webinars são promovidos pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho, enquanto Secretariado Nacional Open Access do projeto OpenAIRE, em parceria com a iniciativa nacional RCAAP e os projetos europeus FOSTER e PASTEUR4OA, e destinam-se a investigadores, coordenadores de projetos e gestores ciência envolvidos em projetos com financiamento no quadro da Comissão Europeia ou FCT, e também a gestores de repositórios e bibliotecários.

Lista de webinars disponíveis para o 1º semestre de 2016:

  • TAXAS DE PUBLICAÇÃO – apoios para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto nos projetos do 7º PQ
    • (9 de fevereiro, 11h00- orador: Pedro Príncipe).
    • Destinatários: investigadores, coordenadores de projetos, gestores/administradores de ciência, bibliotecários.
  • ACESSO ABERTO NO H2020 – requisitos da política de Acesso Aberto da CE no Horizonte 2020
    • (1 de março, 11h00 – orador: Eloy Rodrigues).
    • Destinatários: investigadores, coordenadores de projetos, gestores/administradores de ciência.
  • O PODER DOS REPOSITÓRIOS – como associar a informação dos projetos às publicações depositadas no RCAAP
    • (15 de março, 11h00 – oradores: Pedro Príncipe, Ricardo Saraiva, Raquel Truta, José Carvalho).
    • Destinatários: Gestores de repositórios, Bibliotecários.
  • POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DE ACESSO ABERTO – da definição à monitorização
    • (22 de março, 11h00 – oradores: Clara Boavida e Eloy Rodrigues).
    • Destinatários: responsáveis institucionais e gestores de repositórios.
  • DADOS ABERTOS NO H2020 – projeto piloto dos dados abertos no Horizonte 2020
    • (5 de abril, 11h00 – orador: Pedro Príncipe).
    • Destinatários: investigadores, coordenadores de projetos, gestores/administradores de ciência e gestores de repositórios.
 :: inscrições: http://goo.gl/forms/EbP4zaFcYz ::

Webinars2016_TODOS

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 25 de Janeiro de 2016 Read More →
OpenAIRE disponibilizou slides e gravações do seu último workshop sobre “Partilha de Dados Científicos e Acesso Aberto às publicações no H2020”

OpenAIRE disponibilizou slides e gravações do seu último workshop sobre “Partilha de Dados Científicos e Acesso Aberto às publicações no H2020”

Realizou-se no passado mês de novembro, na Universidade de Ghent na Bélgica, mais um workshop OpenAIRE desta vez dedicado à Partilha de Dados Científicos e Acesso Aberto às publicações no Horizonte 2020.

5st_openaire_workshop(vimeo)

O workshop esteve estruturado em quatro tópicos essenciais: num primeiro momento, com a intervenção de Caroline Colin (Digital Science Unit – DG CONNECT, Comissão Europeia) foi apresentada a perspectiva do financiador – Comissão Europeia – detalhados os requisitos do mandato Open Access no Horizonte 2020 e também do projeto piloto de Dados Abertos. De seguida, foram destacados os benefícios da Ciência Aberta com uma intervenção do Professor e Investigador da Universidade de Ghent Lennart Martens. A terceira parte integra diferentes apresentações de serviços e ferramentas disponibilizadas pelo projeto e infraestrutura OpenAIRE que se destinam a apoiar o cumprimento e a disseminação da política Open Access da Comissão Europeia e do piloto de dados aberto no âmbito do H2020. Por fim, o workshop dedicou o período da tarde do programa a sessões de trabalho em pequenos grupos que se dedicaram a aprofundar os requisitos das políticas e a conhecer melhor as ferramentas e serviços OpenAIRE apresentados.

Como é hábito nos Workshops OpenAIRE, todas as apresentações estão disponíveis para consulta (gravações vídeo e slides apresentados) e foi já publicado um sumário do workshop em: www.openaire.eu/ghent-workshop15.

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 4 de Dezembro de 2015 Read More →
Gravação e slides do webinar sobre Identificação de projetos financiados nas publicações depositadas nos repositórios da rede RCAAP

Gravação e slides do webinar sobre Identificação de projetos financiados nas publicações depositadas nos repositórios da rede RCAAP

A Universidade do Minho, enquanto secretariado nacional de Acesso Aberto da infraestrutura OpenAIRE, levou a cabo dois webinars, nos dias 15 e 22 de setembro, para gestores de repositórios sobre como associar a informação dos projetos financiados às publicações depositadas nos repositórios da rede RCAAP.

Estes webinars configuraram-se como uma boa oportunidade para preparar os gestores de repositórios para corresponderem aos desafios que se apresentam aos repositórios, enquanto sistemas de informação científica centrais no processo de cumprimento dos mandatos de Acesso Aberto dos principais financiadores nacionais e europeus.

Partindo dos casos de projetos com financiamento do 7º Programa-Quadro e Horizonte 2020 da Comissão Europeia (CE), e da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), foi possível fazer compreender o processo e ver demonstrações práticas de como identificar os projetos financiados nos registos das publicações depositadas nos repositórios do RCAAP.

Pedro Príncipe, abordou os requisitos técnicos das diretrizes OpenAIRE para associar publicações a projetos, clarificando quais os metadados a ter em conta e como obter a informação dos projetos da CE e FCT. Ricardo Saraiva, demonstrou no RepositóriUM como os autores podem identificar os projetos no processo de depósito e como é gerida a validação dos metadados e o enriquecimento dos registos do repositório com a informação dos proejtos. A Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança serviu igualmente de caso prático, em que Clarisse Pais pode demonstrar como obtém a informação dos projetos da sua instituição para registar nas publicações que são resultados de projetos financiados. Por último, José Carvalho destacou o trabalho já feito no Repositório Comum de associação de publicações a projetos da FCT com base na informação disponibilizada no Portal OpenAIRE, apresentando ainda os desenvolvimentos em curso no portal RCAAP para corresponder aos requisitos Open Access da FCT.

webinar22set_openaire-rcaap

Este webinar serviu ainda para se apresentar mais em pormenor o trabalho desenvolvido no âmbito do OpenAIRE com a integração dos dados dos projetos financiados pela FCT na infraestrutura OpenAIRE. Essa informação pode ser obtida no portal consultando:

O conteúdo dos webinars pode ser acedido a partir da visualização da gravação do webinar ou da consulta dos slides aí apresentados.

Gravação: sessão 22 de setembro.

Slides: slideshare | PDF

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 30 de Setembro de 2015 Read More →
WEBINAR OpenAIRE sobre os apoios para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto nos projetos do 7º PQ

WEBINAR OpenAIRE sobre os apoios para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto nos projetos do 7º PQ

Realizam-se nos próximos dias 28 e 29 de setembro dois webinars que visam clarificar como e onde se pode recorrer aos fundos que a Comissão Europeia disponibiliza para projetos do 7º Programa-Quadro, com a finalidade de financiar o pagamento das taxas requeridas por alguns editores para publicação em Acesso Aberto.

Decorre, desde abril do corrente ano, um projeto piloto da Comissão Europeia, para apoio à publicação em Acesso Aberto, que disponibiliza financiamento para projetos do 7º PQ já concluídos e por um prazo limite de dois anos após a data dessa conclusão. Para saber mais detalhes deste instrumento de apoio, participe no webinar destinado a Investigadores, coordenadores de projetos, administradores e gestores de ciência e bibliotecários.

WebinarOpenAIRE_setembro2015_publishingfunds

Resumidamente, este instrumento de apoio operacionalizado pelo projeto OpenAIRE2020, rege-se pelas seguintes regras e princípios gerais:

  • Foram disponibilizados pela CE quatro (4) milhões de euros para apoiar o pagamento de taxas de publicação em Acesso Aberto (APCs) para projetos do 7º PQ, até dois anos após a data final do acordo de financiamento.
  • Só serão financiadas até três (3) publicações por projeto. Os tipos de publicações que podem receber estes apoios são: artigos, livros, capítulos de livros, e atas de conferências.
  • Só as publicações com revisão por pares podem obter financiamento. Poderão ser requeridas evidências do processo de revisão por pares.
  • Só são considerados elegíveis para financiamento os custos de publicação faturados depois da data final do projeto.
  • Está disponível um sistema centralizado onde podem ser efetuados os pedidos e pode ser monitorizado todo o processo – https://postgrantoapilot.openaire.eu. Os pedidos serão processados por ordem de entrada no Sistema. Estes pedidos podem ser submetidos diretamente pelos investigadores (autores) ou – preferencialmente – com a intermediação de um serviço competente na instituição, como a biblioteca ou o gabinete de projetos/investigação, onde a verificação dos critérios de elegibilidade pode ser feita previamente. Para pedidos de financiamento feitos diretamente pelos autores, a elegibilidade e faturação serão geridos centralmente pelo OpenAIRE.

Podem ser obtidas mais informações nas seguintes ligações:

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 2 de Setembro de 2015 Read More →
Investigadores de projetos já concluídos do 7ºPQ podem recorrer a fundos para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto

Investigadores de projetos já concluídos do 7ºPQ podem recorrer a fundos para financiar taxas de publicação em Acesso Aberto

Os investigadores envolvidos em projetos apoiados no âmbito do 7º Programa-Quadro e que já finalizaram o contrato de financiamento podem requerer fundos para financiar as taxas de publicação em Acesso Aberto.

Decorre, desde abril do corrente ano, um projeto piloto da Comissão Europeia (CE) que visa disponibilizar financiamento aos investigadores para apoiar o pagamento das taxas requeridas por alguns editores para publicação em Acesso Aberto. Estes fundos estão disponíveis para projetos do 7º PQ já concluídos e por um prazo limite de dois anos após a data de conclusão. Este instrumento de apoio decorre das políticas integradas da CE de promoção do Acesso Aberto à informação científica iniciadas com o piloto Open Access do 7ºPQ e, posteriormente, expandidas com o mandado Open Access no Horizonte 2020.

OpenAIRE_FP7_postgrant_banner

Este projeto piloto, que visa apoiar a CE na definição das condições em que as taxas de publicação em Acesso Aberto podem ser reembolsadas após o fim dos projetos financiados, está a ser gerido no âmbito da iniciativa OpenAIRE.

Resumidamente, este instrumento de atribuição de fundos para financiar as taxas de publicação em Acesso Aberto rege-se pelas seguintes regras e princípios gerais:

  1. Foram disponibilizados pela CE quatro (4) milhões de euros para apoiar o pagamento de taxas de publicação em Acesso Aberto (APCs) para projetos do 7º PQ, até dois anos após a data final do acordo de financiamento.
  2. Só serão financiadas até três (3) publicações por projeto. Os tipos de publicações que podem receber estes apoios são: artigos, livros, capítulos de livros, e atas de conferências.
  3. Só as publicações com revisão por pares podem obter financiamento. Poderão ser requeridas evidências do processo de revisão por pares.
  4. Só são considerados elegíveis para financiamento os custos de publicação faturados depois da data final do projeto.
  5. Só os projetos incluídos na base de dados FP7 CORDA são abrangidos pelo financiamento. Para o caso de pedidos de projetos que não constem desta base de dados, a sua elegibilidade será analisada pela CE – Direção-Geral CONNECT.
  6. Projetos do European Research Council e Marie Curie são elegíveis.
  7. Está disponível um sistema centralizado onde podem ser efetuados os pedidos e pode ser monitorizado todo o processo – https://postgrantoapilot.openaire.eu. Os pedidos serão processados por ordem de entrada no Sistema. Estes pedidos podem ser submetidos diretamente pelos investigadores (autores) ou – preferencialmente – com a intermediação de um serviço competente na instituição, como a biblioteca ou o gabinete de projetos/investigação, onde a verificação dos critérios de elegibilidade pode ser feita previamente. Para pedidos de financiamento feitos diretamente pelos autores, a elegibilidade e faturação serão geridos centralmente pelo OpenAIRE.
  8. Este projeto piloto para atribuição de fundos funcionará até se esgotarem os fundos, mas não terá duração superior a dois anos de operação (até final do mês de abril de 2017). Serão disponibilizados periodicamente relatórios públicos da utilização dos fundos previstos.

Para além dos princípios referidos, as publicações devem também respeitar os seguintes requisitos técnicos:

  • As publicações financiadas devem ser disponibilizadas com uma licença de Acesso Aberto, preferencialmente, Creative Commons CC-BY ou CC-BY-SA. Excecionalmente, no 1º ano do projeto, a licença CC-BY_NC será aceite para livros.
  • Deve ser atribuído, o mais cedo possível no processo de publicação, um identificador persistente, DOI ou equivalente, às publicações financiadas. O identificador persistente deverá ser registado antes do pagamento se efetuar.
  • A versão da publicação financiada deve ser disponibilizada pelo editor em formato PDF/A. Outros formatos que permitam a utilização de técnicas de mineração de dados e texto são fortemente encorajados, como XML (consulte um exemplo aqui) ou
  • O ficheiro PDF/A do artigo deverá ser depositado num repositório compatível (https://www.openaire.eu/search/openaire-data-providers) com a infraestrutura OpenAIRE ou no repositório Zenodo, imediatamente após publicação. O depósito no repositório compatível com OpenAIRE deverá ser efetuado sempre que possível pelo editor, mas também poderá ser assegurado pelos autores ou serviço de afiliação do investigador com competência para esse efeito.
  • A informação da licença deverá ser incluída nos metadados da publicação a depositar.
  • As publicações financiadas devem incluir uma declaração, quando aplicável, de como os materiais subjacentes à investigação, tais como dados científicos, amostras ou modelos, podem ser acedidos.
  • Os resultados financiados devem ser associados aos projeto do 7º PQ seguindo o ”FP7 model grant agreement rules. Podem ser identificadas informações adicionais sobre outros apoios. A informação da entidade financiadora e dos projetos deverá ser incluída nos metadados bibliográficos da publicação depositada.

Sistema para gestão e submissão de pedidos: https://postgrantoapilot.openaire.eu/

Mais informações em: https://www.openaire.eu/postgrant/fp7-post-grant/pilot

Perguntas frequentes: https://www.openaire.eu/fp7-post-grant-pilot-faq.

OpenAIRE_FP7_postgrant_site

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 31 de Agosto de 2015 Read More →
OpenAIRE publicou conjunto de folhetos com dicas práticas sobre o Acesso Aberto e Dados Abertos no Horizonte 2020

OpenAIRE publicou conjunto de folhetos com dicas práticas sobre o Acesso Aberto e Dados Abertos no Horizonte 2020

O OpenAIRE disponibiliza no seu portal informação de apoio dirigida a investigadores, coordenadores de projetos, administradores de ciência e gestores de repositórios sobre as políticas de Acesso Aberto da Comissão Europeia. Recentemente, publicou uma coleção de folhetos, em inglês,  sobre o Acesso Aberto no Programa Horizonte 2020. São folhetos com diferentes destinatários com o objetivo de clarificar os requisitos do mandato de Acesso Aberto no âmbito do H2020 e do projeto piloto dos Dados Abertos da CE.

factsheets_openaire2015

1) OpenAIRE Factsheet for Researchers – folheto com dicas práticas para investigadores sobre como cumprir com o mandado Open Access do Horizonte 2020 e o projeto piloto de Open Data, detalhando onde, quando e como depositar publicações e dados.

2) OpenAIRE Factsheet for Research Administrators – folheto com informações breves e conselhos para administradores/gestores de ciência sobre o Open Access no Horizonte 2020, incluindo dicas de serviços OpenAIRE, nomeadamente a criação de listas com as publicações dos projetos.

3) OpenAIRE Open Research Data Pilot Factsheet – folheto com um guia breve sobre o que é o projeto piloto de Dados Abertos do Horizonte 2020, quais as vantagens em participar, quais as áreas científicas envolvidas, incluindo dicas práticas de como criar um plano de gestão de dados e onde depositar dados de investigação.

Estes folhetos funcionam como breves guias e podem ser consultados e descarregados em www.openaire.eu/factsheets/support/h2020. Para além dos folhetos destacados em cima, estão disponibilizados outros e serão publicados brevemente mais dirigidos a gestores de repositórios e sobre serviços da infraestrutura OpenAIRE.

Mais informações de suporte em: www.openaire.eu/support/faq.

factsheets_openaire

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 25 de Agosto de 2015 Read More →
Webinar OpenAIRE: Identificação de projetos financiados nas publicações depositadas nos repositórios da rede RCAAP

Webinar OpenAIRE: Identificação de projetos financiados nas publicações depositadas nos repositórios da rede RCAAP

A Universidade do Minho, enquanto secretariado nacional de Acesso Aberto da infraestrutura OpenAIRE, promove nos próximos dias 15 e 22 de setembro dois webinars para gestores de repositórios sobre como associar a informação dos projetos financiados às publicações depositadas nos repositórios da rede RCAAP.

Partindo dos casos de projetos com financiamento do 7º Programa-Quadro e Horizonte 2020 da Comissão Europeia (CE), e da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), os webinars têm como objetivo clarificar como podem os repositórios apoiar a aplicação dos requisitos Open Access no quadro destes programas de financiamento ou financiadores, dando a conhecer os recursos e ferramentas que o OpenAIRE disponibiliza para a rede de repositórios RCAAP.

openaire_projects

Os repositórios assumem hoje um papel central na realização das políticas e mandados dos organismos financiadores de ciência, particularmente na identificação de publicações e nos meios de monitorização dos resultados desses requisitos Open Access. Neste sentido, estes webinars, desenvolvidos no âmbito das atividades do projeto europeu OpenAIRE2020 em parceria com a rede RCAAP, serão um relevante contributo para a preparação dos profissionais de informação, gestores de repositórios, bibliotecários e administradores de ciência para melhor apoiarem investigadores e organismos envolvidos em projetos com financiamento da FCT ou CE (H2020 e 7ºPQ).

Programa dos webinars:

– Infraestrutura OpenAIRE e as políticas Open Access da Comissão Europeia e da FCT, Pedro Príncipe

– Como identificar os projetos financiados nos registos das publicações depositadas nos repositórios do RCAAP, Pedro Príncipe

  • Demonstração no RepositóriUM, Ricardo Saraiva
  • O Caso da Biblioteca Digital do IP Bragança, Clarisse Pais
  • Demonstração no Repositório Comum, José Carvalho

Perguntas e respostas

Inscrições via formulário: http://goo.gl/forms/OP6fAHvlPZ

Mais informações: http://openaccess.sdum.uminho.pt/wp-content/uploads/2015/08/Webinar_setembro2015_OpenAIRE.pdf

Webinar_setembro2015_OpenAIRE

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 5 de Agosto de 2015 Read More →
OpenAIRE integra dados dos projetos financiados pela FCT na sua infraestrutura de Acesso Aberto

OpenAIRE integra dados dos projetos financiados pela FCT na sua infraestrutura de Acesso Aberto

A Fundação para a Ciência e Tecnologia foi o primeiro financiador nacional a usufruir dos serviços de dados e informação OpenAIRE para organismos financiadores de ciência. A infraestrutura OpenAIRE disponibiliza, desde maio do corrente ano, a informação de quase 7000 publicações identificadas como resultados de 2690 projetos com financiamento da FCT, resultado de um projeto piloto que tem como finalidade agregar no portal OpenAIRE os projetos e bolsas financiadas pela FCT e identificar as publicações que lhes estão associadas depositadas em repositórios das rede OpenAIRE e RCAAP.

OpenAIRE_FCT_portal_may2015

Os dados agregados nesta infraestrutura de Acesso Aberto para a investigação na Europa, resultam da primeira fase deste projeto piloto onde foram já integrados 10688 projetos financiados pela FCT entre 2000 a 2014. Com base na informação destes projetos, e resultado dos serviços de inferência e processos de text mining do OpenAIRE, foram já identificadas 6705 publicações associadas a 2690 projetos. Para este primeiro conjunto de dados, já disponibilizados publicamente, foram alvo de text mining os conteúdos de apenas uma parte dos repositórios institucionais portugueses integrantes do RCAAP, especificamente os repositórios que integram o Serviço de Alojamento de Repositórios (SARI = 28) mais o RepositóriUM (Universidade do Minho). Destes primeiros resultados, destacam-se 1148 publicações identificadas no RepositóriUM, 439 nos repositórios ULisboa/UTL e 307 na Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança, mas praticamente todos os repositórios portugueses da rede RCAAP têm publicações associadas a projetos FCT.

FCT_OpenAIRE_data_providers_may2015Um dos serviços relevantes que resulta deste piloto é a integração da lista de projetos FCT na API do OpenAIRE, onde já constavam os projetos do 7º Programa-Quadro da Comissão Europeia e da Fundação Welcome Trust. Esta lista está agora disponível para os repositórios RCAAP via addon DSpace do formulário de submissão (já instalado nos repositórios do SARI), facilitando assim a associação de projetos a publicações no momento do depósito. Atualmente, a API OpenAIRE disponibiliza informação de mais de 10000 projetos financiados entre janeiro de 2000 a fevereiro de 2014, sendo previsível que até ao final do ano sejam incorporados outros em falta, entretanto aprovados em 2014 e 2015, e também as bolsas individuais.

O trabalho já desenvolvido, demonstra a relevância da infraestrutura OpenAIRE para apoiar:

  1. os organismos financiadores do espaço europeu de investigação, na monitorização das suas políticas de acesso aberto;
  2. os repositórios, na identificação de publicações que se configurem como resultado de projetos;
  3. os projetos, e seus investigadores e coordenadores, na disseminação dos seus resultados e disponibilização de listas de publicações para efeito de relatórios de projeto,
  4. as redes de repositórios e outros sistemas de informação científica nacional, na operacionalização de serviços de identificação e associação de projetos a publicações e conjuntos de dados científicos.

Especificamente, no quadro das atividades do RCAAP, o trabalho desenvolvido na infraestrutura OpenAIRE, vem apoiar a realização e monitorização da Política de Acesso Aberto da FCT, através:

a) da disponibilização do serviço web para identificação dos projetos;

b) da identificação de projetos em publicações já agregadas no portal OpenAIRE.

A equipa da UMinho em colaboração com o RCAAP irá levar a cabo nos próximos meses um conjunto de iniciativas dedicadas à identificação dos projetos financiados (FCT, 7ºPQ e H2020) nas publicações dos repositórios do RCAAP. Já no próximo mês de setembro serão realizados dois webinars para gestores de repositórios e outros profissionais de informação e administradores de ciência para melhor clarificar estas questões – participe!

openaire_connections

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 31 de Julho de 2015 Read More →
Porto acolheu em abril conferência conjunta COAR e SPARC sobre acesso aberto e repositórios

Porto acolheu em abril conferência conjunta COAR e SPARC sobre acesso aberto e repositórios

Numa organização conjunta da Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition (SPARC) e da Confederation of Open Access Repositories (COAR), realizou-se no passado mês de abril, de 14 a 16, na Universidade do Porto, a conferência “Connecting research results, bridging communities, opening scholarship”. Este evento, juntou aproximadamente 100 delegados em representação de vários países da Ásia, África, América do Sul e do Norte e da Europa, contribuindo para uma reflexão transversal e de dimensão internacional sobre os desafios para o acesso aberto aos resultados da informação científica e os repositórios digitais.

coar_sparc_conference_end

Uma conferência que apontou caminhos para as políticas de Acesso Aberto e para o papel dos repositórios de informação científica e académica na interligação dos resultados de investigação e na sua maior visibilidade e melhor acesso.

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 6 de Maio de 2015 Read More →
Eloy Rodrigues presidirá ao Conselho Executivo 2015-2018 da Confederação Mundial de Repositórios de Acesso Aberto

Eloy Rodrigues presidirá ao Conselho Executivo 2015-2018 da Confederação Mundial de Repositórios de Acesso Aberto

No passado mês de abril, na Assembleia Geral realizada no Porto, a Confederação Mundial de Repositórios de Acesso Aberto (COAR) elegeu os membros do seu Conselho Executivo para 2015-2018. Eloy Rodrigues, Diretor dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho, foi eleito presidente do novo conselho que é constituído por seis membros representando a Europa, a África, a América Latina e a América do Norte.

A partir de 01 de outubro de 2015, Eloy Rodrigues, presidirá ao conselho executivo da COAR, que será constituído ainda por Carman Gloria Labbé, Vice-Presidente (CLARA, Chile), Marta Viragos, Tesoureiro (Universidade de Debrecen, Hungria), Daisy Selematsela, National Research Foundation (África do Sul), Oya Rieger da Universidade de Cornell (EUA) e Wolfram Horstmann de Göttingen University Library (Alemanha).

executiv_board_coar2015-2018

A Confederation of Open Access Repositories (COAR) é uma associação criada em outubro de 2009, para reunir instituições relacionadas com os repositórios de acesso aberto. Neste momento, a associação congrega e representa mais de 100 instituições de todo o mundo (Europa, América Latina, Ásia e América do Norte), constituindo a sua missão primordial, promover uma maior visibilidade e aplicação dos resultados resultantes de investigação através de redes globais de repositórios digitais de Acesso Aberto.

Através das instituições membro, a COAR está trabalhar no desenvolvimento de uma comunidade de repositórios de Acesso Aberto com práticas universais, em diferentes países, regiões e disciplinas. A visão da COAR assenta numa infraestrutura global de repositórios, sustentada numa rede de Acesso Aberto. Atualmente, a confederação possui vários grupos de trabalho e grupos de interesse bastante ativos, cada um com o seu próprio conjunto de responsabilidades, objetivos e finalidades, e com trabalhos relevantes produzidos recentemente.

Como aderir à COAR

Aderir à COAR poderá traduzir-se numa maior participação e melhor capacidade de contribuir para a prossecução dos objetivos da organização, tais como, a interoperabilidade, a sensibilização e promoção de repositórios OA, apoiar a comunidade de repositórios e trabalho em rede com parceiros em áreas afins.

A confederação oferece várias formas de participação, incluindo memberships para insituições individuais (https://www.coar-repositories.org/about/join/membership-fee-regulations), de consórcio, bem como, a oportunidade de participar como parceiro.

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 4 de Maio de 2015 Read More →