Author Archive: Filipe Furtado

rss feed

“Kit de Dados Científicos – RCAAP” já disponível para download e consulta

“Kit de Dados Científicos – RCAAP” já disponível para download e consulta

O “Kit de Dados Científicos – RCAAP” já se encontra disponível para download e para consulta, nos sites do projeto e de eLearning do RCAAP, respetivamente. Este trabalho foi recentemente apresentado à comunidade enquanto flash-talk no 2ºFórum de Dados de Investigação.

 

 

By 8 de Maio de 2017 Read More →
2ºFórum GDI – Apresentações e Vídeos já disponíveis

2ºFórum GDI – Apresentações e Vídeos já disponíveis

No seguimento da realização do 2º Fórum de Gestão de Dados de Investigação, realizado no passado dia 31 de março em Lisboa, na Fundação Portuguesa das Comunicações, informamos que as apresentações e gravações das sessões já se encontram disponíveis no site do Fórum GDI, em http://forumgdi.rcaap.pt/apresentacoes-2-forum.

As fotos do evento podem ser vistas no Flickr, em https://www.flickr.com/groups/forumgdi.

2forumgdi

 

Por último, relembramos que o 3º Fórum GDI está agendado para o dia 6 de novembro de 2017 na Universidade do Minho. Contamos com a sua participação!

a8bd7c_e01a8f477b6b41c686a1c2f821a80a87~mv2

 

By 28 de Abril de 2017 Read More →
2º Fórum Gestão de Dados de Investigação

2º Fórum Gestão de Dados de Investigação

2º FORUM BANNER FACEBOOK

 

Realiza-se no próximo dia 31 de março, na Fundação Portuguesa das Comunicações, em Lisboa, o 2º Fórum de Gestão de Dados de Investigação (Fórum GDI).

O Fórum GDI pretende congregar e dinamizar a comunidade de profissionais e investigadores envolvidos em atividades de suporte à gestão de dados de investigação com o intuito de desenvolver competências técnicas e capitalizar saberes e práticas. É um espaço de capacitação e debate para partilha de ideias, iniciativas emergentes, projetos e boas práticas de suporte à gestão de dados de investigação que procura juntar gestores de repositórios digitais e data centers, técnicos de informação, bibliotecas, arquivos e curadoria de dados, especialistas de informática, investigadores, cientistas de dados e gestores de ciência de instituições de investigação e organismos de financiamento de ciência.

A organização deste 2º Fórum GDI resulta da realização, em setembro de 2016, da Conferência “Dados de Investigação e Ciência Aberta: rumo a uma estratégia nacional” (http://confdados.rcaap.pt) que estabeleceu a necessidade de dinamizar um espaço nacional de cariz interativo que reunisse profissionais do sistema científico nacional envolvidos em atividades de suporte à gestão de dados de investigação. O 1º Fórum GDI realizou-se precisamente no dia subsequente ao da Conferência de Dados e foram iniciativas integradas no quadro do desenvolvimento da Política Nacional de Ciência Aberta do programa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Este 2º Fórum GDI seguirá o modelo do primeiro, com um programa de atividades das 09h00 às 17h00 que integra breves apresentações de iniciativas emergentes e projetos (flash talks), uma mesa-redonda sobre “Serviços, papéis e responsabilidades na gestão de dados de investigação nas instituições” e ainda a realização de dois workshops, um subordinado a questões legais de privacidade e licenciamento dos dados e um outro sobre repositórios de dados abertos. Para a concretização da primeira parte deste programa estará aberta até dia 1 de março uma chamada para submissão de propostas de flash talks.

O 2º Fórum GDI é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e promovida no âmbito das atividades do RCAAP – Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal, organizado pelo Gabinete da Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, FCT-FCCN – Fundação para a Ciência e Tecnologia – Fundação para a Computação Científica Nacional e Universidade do Minho.

By 8 de Fevereiro de 2017 Read More →
Conferência “Dados de Investigação e Ciência Aberta: rumo a uma estratégia nacional”

Conferência “Dados de Investigação e Ciência Aberta: rumo a uma estratégia nacional”

Dia 22 de setembro | 9h00-18h00 | Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto

A crescente relevância da preservação e gestão de dados digitais para a investigação científica requerem das instituições de produção do conhecimento estruturas adequadas acompanhadas de planos integrados de ação.

Instituições, comunidades de investigadores, gestores de infraestruturas e serviços de informação, bem como administradores ou gestores de ciência, são desafiados a utilizar ferramentas e instrumentos em permanente atualização suscitando o aprofundamento de conhecimentos e desenvolvimento de competências desejavelmente num ambiente de partilha de práticas, recursos e necessidades.

A preservação e gestão de dados de investigação é, além do mais, uma dimensão indispensável à implementação de uma política de ciência aberta, compreendendo as suas componentes essenciais, em matéria de acesso aberto e de inovação aberta prosseguindo o propósito da transferência, acessibilidade e partilha do conhecimento no sentido da criação de uma sociedade mais qualificada e preparada para enfrentar o futuro.

A par da adequação das práticas e infraestruturas disciplinares e comunitárias, é inquestionável a importância do desenvolvimento de sistemas e serviços para a gestão de dados de investigação nas instituições de investigação e de ensino superior. Simultaneamente, os desafios relacionados com os dados de investigação e os seus processos de gestão carecem de enquadramento em políticas e infraestruturas mais abrangentes, nomeadamente de âmbito nacional.

Na gestão de dados de investigação, ou curadoria de dados, estão envolvidos diferentes intervenientes, requerendo responsabilidades e competências específicas, abrangendo várias ações no âmbito do planeamento, criação, documentação, acesso, utilização, armazenamento, partilha e preservação dos dados. A amplitude e exigência desse conjunto de necessidades e requisitos torna imperioso analisar de forma cuidada cada um destes aspetos para perspetivar a definição de políticas, o estabelecimento de estratégias e a configuração de infraestruturas.

 É precisamente neste contexto que se organiza a conferência “Dados de investigação e Ciência Aberta: rumo a uma estratégia nacional”, com o objetivo de estabelecer as linhas orientadoras da estratégia nacional para os dados de investigação, reunindo responsáveis e decisores políticos, investigadores e coordenadores de projetos, gestores de ciência e gestores de infraestruturas e de serviços de informação.

O programa do encontro pretende contribuir para a compreensão dos diferentes componentes e desafios dos dados de investigação colocados a nível institucional e das práticas disciplinares. Pretende-se ainda promover o conhecimento sobre estratégias e iniciativas de âmbito nacional e internacional e entender de forma integrada estas questões na estratégia Europeia para a Ciência Aberta no domínio das políticas e infraestruturas.

Saiba mais sobre a conferência aqui: http://confdados.rcaap.pt/

confdados2016_horizontal

 

 

By 2 de Agosto de 2016 Read More →