sobre os projetos

Conteúdos Webinar – Dicas para cumprimento dos Requisitos OA do H2020 e Ferramentas OpenAIRE para apoiar o reporting

Conteúdos Webinar – Dicas para cumprimento dos Requisitos OA do H2020 e Ferramentas OpenAIRE para apoiar o reporting

No passado dia 29 de abril decorreu o Webinar sobre o cumprimento dos requisitos de Acesso Aberto às publicações no H2020 e serviços OpenAIRE para apoiar o seu cumprimento.

Este Webinar teve como objetivo, numa primeira parte, o esclarecimento de questões relacionadas com os requisitos do Acesso Aberto às publicações científicas no Horizonte 2020, detalhando as especificações mais relevantes tais como: onde depositar as publicações, o que depositar e quando depositar; bem como a apresentação de algumas questões práticas no que diz respeito à publicação em Acesso Aberto, como por exemplo os custos de publicação (APCs – Article Processing Charges).

Na segunda parte do Webinar, foram apresentados os serviços OpenAIRE para apoiar o cumprimento dos requisitos apresentados anteriormente, nomeadamente o serviço de descoberta do OpenAIRE – OpenAIRE Explore – e as suas funcionalidades de pesquisa, identificação de repositórios para o depósito dos resultados de investigação, e a funcionalidade de ligação entre produtos de investigação e projetos.

A funcionalidade de ligação do OpenAIRE – OpenAIRE Link Service – é uma das mais relevantes para o apoio à função de reporting dos Projetos junto da Comissão Europeia, uma vez que o OpenAIRE é a fonte autoritativa para a Comissão Europeia para os Projetos H2020, e ao assegurar as ligações das publicações aos projetos através do OpenAIRE, elas serão automaticamente reportadas no EC’s Participant Portal.

Por fim, foi realizada uma sessão de demonstração do serviço OpenAIRE Explore com destaque para a funcionalidade de ligação e as páginas públicas dos projetos e organizações no portal do OpenAIRE.

Materiais

Os materiais resultantes deste Webinar estão disponíveis para consulta online em:

Autor: André Vieira

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 13 de Maio de 2019 Read More →
Conteúdos Webinar – Serviços OpenAIRE para Gestores de Repositórios

Conteúdos Webinar – Serviços OpenAIRE para Gestores de Repositórios

O OpenAIRE  disponibiliza uma grande variedade de serviços para apoiar o desenvolvimento e implementação da Ciência Aberta. Um dos serviços destacados neste Webinar é o Content Provider Dashboard, que oferece um conjunto de funcionalidades para gestores de repositórios, com vista à melhoria das suas coleções e a interoperabilidade com diretrizes globais.

Para além dos serviços em desenvolvimento, o OpenAIRE define também um conjunto de diretrizes para a interoperabilidade dos vários fornececores de conteúdos com o OpenAIRE (OpenAIRE Guidelines), para auxiliar os gestores de repositórios a expor os conteúdos das suas coleções, tendo em vista a sua integração com a infraestrutura OpenAIRE.

Para dar a conhecer estes serviços, os novos desenvolvimentos decorrentes da atualização das Guidelines do OpenAIRE e a expansão da Política de Aquisição de Conteúdos do OpenAIRE com impacto na interoperabiblidade dos repositórios, os Serviços de Documentação da Universidade do Minho levaram a cabo um Webinar destinado aos gestores de repositórios no passado dia 16 de abril.

Conteúdos do Webinar

O Webinar, dirigido por Pedro Príncipe e André Vieira, começa por apresentar as novidades na infraestrutura OpenAIRE, nomeadamente a expansão da Política de Aquisição de Conteúdos e as novas Diretrizes, destacando as principais implicações práticas para a interoperabilidade dos repositórios com o OpenAIRE, destacando-se o facto de o OpenAIRE pretender agregar todo o conteúdo e não apenas as publicações em Acesso Aberto ou com informação de financiamento.

No que às novas Diretrizes OpenAIRE diz respeito, foram também apresentado o trabalho em curso realizado pelo Projeto RCAAP para a atualização da infraestrutura seguindo as novas Guidelines OpenAIRE.

De seguida são apresentados os bastidores OpenAIRE, nomeadamente os serviços de back-end, text mining, broker, entre outros, com vista a uma melhor compreensão, por parte dos utilizadores dos serviços do OpenAIRE, sobre o modo de funcionamento do espaço de informação OpenAIRE e dos serviços ao utilizador.

De cariz mais prático, é apresentado de seguida o serviço OpenAIRE para gestores de repositórios, o Content Provider Dashboard, um ambiente de trabalho com serviços de enriquecimento de metadados, métricas de uso e monitorização da agregação. Para além da descrição e explicação do serviço, é também realizada uma demonstração ao vivo das funcionalidades mais relevantes.

Por fim, é realizada uma demonstração do serviço de descoberta do OpenAIRE (OpenAIRE Explore), explorando a forma como é exposta a informação pública dos repositórios registados no OpenAIRE.

Materiais

Os materiais resultantes deste Webinar estão disponíveis para consulta online em:

Autor: André Vieira

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 23 de Abril de 2019 Read More →
Serviços OpenAIRE: casos de uso

Serviços OpenAIRE: casos de uso

Experiências e potencialidades de quem explora os serviços disponibilizados por esta infraestrutura.

Do leque de serviços que a infraestrutura OpenAIRE disponibiliza e tem vindo a melhorar, com o forte contributo das experiências dos seus utilizadores, é chegado o momento de partilhar algumas experiências, resultados e opiniões de quem faz uso destas ferramentas.

Sendo assim, foi recolhido feedback dos diversos utilizadores (investigadores, comunidades e infraestruturas de investigação, coordenadores de investigação, gestores de repositórios, financiadores, entre outros), com o propósito de agregar um conjunto de experiências pertinentes sobre o uso dos serviços prestados, a fim de melhor responder às necessidades dos utilizadores, bem como promover e disseminar as práticas de Ciência Aberta entre os investigadores, onde políticas e infraestruturas falem a mesma língua.

Serviços OpenAIRE

Os primeiros Casos de Uso já estão disponíveis no portal OpenAIRE, de destacar a participação do ISCTE-IUL com a partilha das mais-valias na utilização dos diferentes serviços (broker Service, estatísticas e API) e nas vantagens que daí advieram:

  • Maior facilidade no cumprimento dos requisitos dos financiadores;
  • Aumento do número de depósitos no repositório em acesso aberto;
  • Aumento da visibilidade e disseminação da produção científica no espaço Europeu;
  • Maior facilidade nos momentos de avaliação de projecto, junto dos financiadores.

Lançamos o desafio aos utilizadores nacionais dos serviços OpenAIRE, para partilharem as vossas práticas e resultados com toda a comunidade, enviando as propostas para Pedro Príncipe (pedroprincipe[@]sdum.uminho) ou Iryma Kuchma (iryna.kuchma[@]eifl.net).

(p.s. Envio da proposta em inglês)

Autor: Paula Moura

Projetos Open Access | Universidade do Minho - Serviços de Documentação

By 23 de Abril de 2019 Read More →
Conteúdos Webinar – Aspetos Legais na Gestão de Dados de Investigação

Conteúdos Webinar – Aspetos Legais na Gestão de Dados de Investigação

O OpenAIRE tem vindo a desenvolver uma série de materiais de suporte relacionados com os aspetos legais a ter em conta na gestão e utilização de dados de investigação.

Com vista a complementar estes materiais, o OpenAIRE levou a cabo um Webinar (em inglês) sobre as questões legais relacionadas com a gestão e proteção de dados de investigação, com foco nas necessidades dos investigadores e gestores de projetos, como atores fundamentais no processo de gestão de dados de investigação.

Webinar – Legal issues in Dealing with Research Data 

Os autores do webinar destacaram várias questões relacioanadas com os aspetos legais aplicados aos dados de investigação, nomeadamente, os direitos de autor, o direito Sui Generis de bases de dados, a aplicação das licenças Creative Commons, a reutilização e proteção de dados de investigação, o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados e manuseamento de dados sensíveis.

O webinar surge no seguimento da publicação de três guias OpenAIRE sobre estas temáticas, que apresentam de forma detalhada a aplicabilidade das licenças aos dados de investigação e bases de dados, bem como os direitos de autor. Estes guias, listados em seguida, pretendem apresentar de forma sistematizada um conjunto de regras, linhas orientadoras e recursos que permitam explorar o potencial da Ciência Aberta no domínio da investigação, tendo em vista abordar as questões dos direitos de autor.

Guias OpenAIRE sobre aspetos legais na gestão de dados de investigação

Os resursos deste webinar estão disponíveis em:

ApresentaçãoGravação


Para consultar outros recursos de informação OpenAIRE, visite a página de suporte em www.openaire.eu/support

Autor: André Vieira

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 3 de Abril de 2019 Read More →
Open Science FAIR 2019: Chamada para propostas de Workshops, Posters e Demos

Open Science FAIR 2019: Chamada para propostas de Workshops, Posters e Demos

O Porto é o destino da Conferência Open Science FAIR 2019, a acontecer entre os dias 16 e 18 de setembro, no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

Open Science FAIR é um evento da iniciativa do OpenAIRE, organizado conjuntamente com os projetos europeus FIT4RRI, EOSC Secretariat e FAIRsFAIR, e promovido localmente pela Universidade do Minho.

Lançamos o desafio à apresentação de propostas para Workshops e Posters and Demos  até ao dia 17 de Maio inclusive!

Este evento reveste-se de extrema importância, face aos desenvolvimentos no contexto da Ciência Aberta, quer estejamos a falar de infraestruturas tecnológicas de suporte, que sustentem a sua efetiva concretização (desde o nível  institucional, nacional, até uma escala europeia); quer de todo o processo de construção da própria ciência, dos seus procedimentos, ferramentas e formas de comunicação associadas.

Junte-se a nós na Open Science FAIR

Esta conferência terá palestras realizadas por oradores especialistas nestes domínios, mesas redondas, workshops práticos e sessões de demonstração.

Acima de tudo tentará reunir diferentes perspectivas e sugerir roteiros para implementação em áreas específicas da Ciência Aberta, da comunicação académica e de implementação dos princípios FAIR.

Esperamos por si!

 

Autor: Paula Moura

Projetos Open Access | Universidade do Minho - Serviços de Documentação

By 2 de Abril de 2019 Read More →
Guias OpenAIRE sobre Ciência Aberta

Guias OpenAIRE sobre Ciência Aberta

O OpenAIRE, no âmbito da sua atividade, envolvendo todas as partes interessadas para a implementação efetiva da Ciência Aberta, desenvolve e disponibiliza serviços que possibilitam a ligação da investigação e permitem que investigadores, fornecedores de conteúdos, financiadores e gestores de projetos adotem facilmente a Ciência Aberta.

OpenAIRE

Para colocar em prática a implementação da Ciência Aberta, o OpenAIRE desenvolve vários materiais de formação para os diferentes intervenientes, para que adquiram as habilidades e competências no âmbito da Ciência Aberta, bem como para auxiliar a utilização dos serviços OpenAIRE.

Área de suporte do OpenAIRE

Página de suporte do OpenAIRE

A área de suporte do OpenAIRE, em constante atualização, disponibiliza diferentes tipologias de materiais para os vários intervenientes nos processos de investigação e utilizadores dos serviços OpenAIRE, como se pode visualizar na imagem anterior. Neste artigo são destacados os guias com informação dedicada aos diferentes intervenientes na prática da Ciência Aberta e sobre a utilização dos serviços OpenAIRE, como por exemplo sobre planos de gestão de dados, licenciamento e reutilização de dados de investigação, serviços OpenAIRE para investigadores, gestores de repositórios, coordenadores de projetos e financiadores.

Guias para Investigadores

Gestão de Dados de Investigação

Licenciamento e Reutilização de Dados de Investigação

Serviços OpenAIRE para Investigadores


Guias para Gestores de Repositórios

Serviços OpenAIRE para Gestores de Repositórios


Guias para Coordenadores de projetos


Guias para Financiadores

Poderá consultar todos os guias produzidos pelo OpenAIRE em www.openaire.eu/guides e a sua página de suporte onde são disponibilizadas todas as tipologias de materiais em www.openaire.eu/support.

Acompanhe todas as novidades nas redes sociais do OpenAIRE

Autor: André Vieira

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 1 de Abril de 2019 Read More →
ConfOA 2019: prolongado prazo de submissão de trabalhos

ConfOA 2019: prolongado prazo de submissão de trabalhos

Foi prolongado até ao próximo dia 15 de abril de 2019 o prazo para submissão dos trabalhos para a 10ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta (ConfOA), que este ano viaja até à Amazónia e decorrerá em Manaus, de 1 a 4 de outubro.

O processo de apresentação e modelos das propostas estão disponíveis para consulta e download no website da ConfOA em: https://confoa.rcaap.pt/2019/submissoes-on-line/

Assim, convidamos a comunidade a apresentar propostas de trabalhos sobre os seguintes temas:

  • Acesso Aberto e Dados de Investigação Abertos: sistemas, políticas e práticas
    • Repositórios digitais – institucionais, temáticos, de dados de investigação ou de património cultural
    • Revistas científicas de acesso aberto e tendências na comunicação e divulgação científica
    • Publicação institucional em acesso aberto
    • Gestão e partilha de dados de investigação – princípios FAIR, planos de gestão dados e infraestruturas para a gestão de dados de investigação
    • Definição, análise e avaliação de políticas institucionais e de financiadores
    • Modelos e padrões de metadados
    • Preservação Digital
    • Direitos de autor e acesso aberto
  • Ciência Aberta e outras expressões de conhecimento aberto
    • Ética, Integridade da Investigação e RRI (Investigação e Inovação Responsáveis)
    • Modelos tradicionais e alternativos de avaliação da Ciência (bibliometria e métricas alternativas)
    • Ciência cidadã
    • Dados governamentais abertos
    • Outras práticas de conhecimento aberto (hardware e software livre, educação aberta)
  • Gestão de informação de Ciência e Tecnologia
    • CRIS – Sistemas de Gestão de informação de Ciência e Tecnologia
    • Interoperabilidade entre sistemas de informação de apoio à atividade científica e académica
    • Normas e diretrizes
    • Identificadores persistentes

Acolheremos propostas sobre estes temas, bem como outros relacionados com os aspetos políticos, sociais, organizativos ou técnicos relacionados com a Ciência Aberta. Os trabalhos aceites serão publicados na Revista Ciência da Informação.

A Comissão Organizadora aguarda expectante a receção dos vossos trabalhos!

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook: https://goo.gl/wQZHIR e Twitter: https://twitter.com/confoa

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 28 de Março de 2019 Read More →
Procuram-se novos colaboradores!!

Procuram-se novos colaboradores!!

O Gabinete de Projetos Open Science dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho (SDUM) está a iniciar um novo projeto, denominado “PIAPC – Plataforma integrada de apoio à publicação científica”, que integra vários serviços de gestão de publicações científicas.

Estamos à procura de pessoas com conhecimentos, e preferencialmente experiência, que queiram colaborar connosco neste projeto para realizar estudos e outras tarefas na área da Ciência Aberta e da Publicação e Comunicação Científicas, em regime de prestação de serviços.

 Se tem o perfil pretendido e considera aliciante vir colaborar connosco neste projeto, envie-nos o seu currículo através do e-mail openaccess@sdum.uminho.pt, até dia 15 de março.


Autor: José Carona Carvalho

Gestor de Projeto no Gabinete de Projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. Gestão dos serviços de informação, apoio e formação são as áreas de intervenção.

By 8 de Março de 2019 Read More →
Conheça o programa de webinars OpenAIRE sobre Ciência Aberta para 2019

Conheça o programa de webinars OpenAIRE sobre Ciência Aberta para 2019

OpenAIRE, em conjunto com o projeto FOSTERplus, promovem para 2019 uma variedade de webinars em Ciência Aberta dedicados a diferentes temáticas e para públicos vários.

Temas como serviços e ferramentas de apoio ao Acesso Aberto às publicações e a dados de investigação, práticas de Ciência Aberta e gestão de dados de investigação serão o mote para a série de webinars que se irão organizar no primeiro semestre de 2019, já calendarizados e para os quais pode fazer a sua inscrição.

Planos de Gestão de Dados
Descrição: Conheça os requisitos e condições dos dados abertos no H2020 e saiba quando e como elaborar um Plano de Gestão de Dados para o projeto
Destinatários: investigadores, coordenadores de projetos, gestores de ciência
Data: 27 fevereiro (14h30)
Oradores: Antónia Correia e Pedro Príncipe
(integrado no curso de elearning do FOSTER)
Formulário de inscrição

Revisão por pares aberta
Descrição: Este webinar pretende introduzir a Revisão por Pares Aberta (Open Peer Review), as diversas expressões que pode tomar, e em que medida esta prática apoia a Ciência Aberta.
Destinatários: Editores, Pessoal de apoio à investigação, Investigadores
Data: 3 de abril (11h)
Oradores: Antónia Correia e Carla Marques
Formulário de inscrição

Serviços OpenAIRE para Gestores de Repositórios
Descrição: Conheça o “Content Provider Dashboard”, o serviço OpenAIRE que permite o registo e validação dos repositórios de acordo com as guidelines OpenAIRE, o enriquecimento dos conteúdos com metadados adicionais e monitorização da atividade dos repositórios.
Destinatários: Gestores de repositórios
Data: 16 de abril (10h)
Oradores: André Vieira e Pedro Príncipe
Formulário de Inscrição
Acesso ao Webinar

Dicas para cumprimento dos Requisitos Open Access do H2020 & Ferramentas OpenAIRE para apoiar o reporting
Descrição: Demonstração do serviço de descoberta do OpenAIRE (https://explore.openaire.eu/), que agrega mais de 25 milhões de publicações, e que permite a pesquisa, partilha e ligação dos resultados de investigação. Fique a conhecer o serviço Link que o auxilia no processo de report de publicações e dados de projetos com financiamento da Comissão Europeia.
Destinatários: Gestores de projetos, Investigadores, Bibliotecários
Data: 29 de abril | 10h
Oradores: André Vieira e Paula Moura
Formulário de inscrição
Acesso ao webinar 

Autor: Paula Moura

Projetos Open Access | Universidade do Minho - Serviços de Documentação

By 8 de Fevereiro de 2019 Read More →
Bootcamp Luso-Español FOSTER para formação de formadores em Ciência Aberta

Bootcamp Luso-Español FOSTER para formação de formadores em Ciência Aberta

Interessa-se pela ciência aberta e quer partilhar os seus conhecimentos e competências com investigadores ou pessoal de apoio à investigação? Já oferece formação, mas procura formas de a tornar mais eficaz? Se respondeu sim a alguma destas perguntas, considere candidatar-se ao Bootcamp Luso-Espanhol para Formação de Formadores em Ciência Aberta! Este evento de formação de dois dias terá lugar em 25 e 26 de março de 2019, na Universidade de Salamanca, organizado pelo projeto FOSTER com a colaboração da REBIUN.

Acerca do Bootcamp
Durante um intenso programa de dois dias, vamos ajudá-lo a tornar-se um melhor formador de ciência aberta. O Bootcamp irá concentrar-se na Ciência Aberta (primeiro dia) e na Formação (segundo dia), abrangendo, entre outros tópicos:
– Fluxos de trabalho e ferramentas da ciência aberta; 
– Dados de investigação abertos;
– Acesso aberto;
– Competências, técnicas e ferramentas de formação;
– Organização de eventos de formação.
Depois de completar este Bootcamp, estará mais capacitado e disporá de novas ferramentas para realizar formação em ciência aberta para investigadores na sua instituição ou comunidade.

Quem deve participar?
Estamos à procura de bibliotecários, pessoal de apoio à investigação, investigadores em início de carreira e outros interessados de Espanha ou Portugal que estejam motivados e que planeiem ministrar formação em ciência aberta em 2019.

Que despesas são cobertas?
O projeto FOSTER fornecerá refeições durante a formação. Para um número limitado de participantes, o FOSTER poderá oferecer alojamento num quarto individual ou partilhado (para duas pessoas).
Para os participantes de Portugal será organizado um transporte de ida e volta a partir de pontos de encontro a determinar (provavelmente Porto e/ou Aveiro).

Critérios de Elegibilidade e Avaliação 
Os candidatos devem satisfazer os seguintes critérios:
– Praticar ou prestar apoio nas práticas de ciência aberta, acesso aberto, ou dados abertos.
– Realizar ou planear realizar cursos de formação e workshops sobre ciência aberta, acesso aberto, dados abertos nas suas instituições ou comunidades em 2019.

As candidaturas serão avaliadas pela equipa de projeto FOSTER e da REBIUN de acordo com os seguintes critérios:
– Potencial e motivação para realizar formação sobre ciência aberta em 2019 nas instituições ou comunidades a que pertença: 70%.
– Experiência prévia como formador, particularmente em temas relacionados com a ciência aberta: 30%.
Outros critérios que serão tidos em conta:
– Participação nos grupos de trabalho da REBIUN (para os candidatos de Espanha);
– Geográfico e Institucional (para estabelecer uma boa representação das instituições e das regiões de Portugal e Espanha);
– Género (para assegurar um bom equilíbrio de género na seleção).

Inscreva-se agora!
Inscreva-se através do formulário de inscrição online. O prazo final para as candidaturas é 22 de fevereiro e iremos informá-lo se foi ou não selecionado no dia 1 de março. Se, entretanto, tiver alguma dúvida, envie um e-mail para openaccess@sdum.uminho.pt 

Autor: Antónia Correia

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 7 de Fevereiro de 2019 Read More →
Webinar sobre o Manual de Formação em Ciência Aberta

Webinar sobre o Manual de Formação em Ciência Aberta

No dia 6 de fevereiro às 14 horas de Portugal iremos organizar um webinar sobre a versão portuguesa do Manual de Formação em Ciência Aberta.

Esta versão do Manual resulta da tradução do Open Science Training Handbook inicialmente desenvolvido por um grupo de 14 autores, reunidos e apoiados pelo projeto FOSTERPlus, em Fevereiro de 2018; e da sua tradução para português, realizada por um grupo de 23 tradutores voluntários, sob a coordenação de responsáveis portugueses do projeto FOSTERPlus e um dos autores do Handbook original.

O Manual de Formação em Ciência Aberta destina-se a qualquer pessoa que deseje organizar e acolher formações sobre a Ciência Aberta e tem como intuito promover a adoção de práticas de pesquisa abertas, mostrando os conceitos da Ciência Aberta, técnicas pedagógicas e dando exemplos práticos de exercícios e checklists para eventos de formação.

Este webinar terá a duração de 1 hora e irá realizar-se no endereço https://videoconf-colibri.zoom.us/j/258921071. É gratuito e os interessados deverão registar-se no formulário https://goo.gl/sWh2JA.

Autor: Antónia Correia

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 1 de Fevereiro de 2019 Read More →
Curso Open Access to Publications in Horizon 2020

Curso Open Access to Publications in Horizon 2020

Como parte da série de cursos de e-learning do FOSTER, iremos lecionar de 4 a 8 de fevereiro o curso Open Access to Publications in Horizon 2020.

Este curso é especialmente relevante para todos aqueles que participam num projeto financiado pelo H2020 e gostariam de saber como cumprir os requisitos relativos ao acesso aberto a publicações, bem como para profissionais de apoio à investigação.

O curso será lecionado através da plataforma de elearning do FOSTER, em regime de moderação e na língua inglesa. Integrado neste curso será organizado um webinar de 1 hora no dia 7 de fevereiro às 12:00 CET (11 horas de Portugal), proporcionando aos participantes a oportunidade de obter respostas diretas às suas perguntas e dúvidas.

Deverá aceder ao curso através da plataforma FOSTER no endereço https://www.fosteropenscience.eu/node/2618. O curso é gratuito e poderá registar-se no formulário https://goo.gl/xrdZMF.

Autor: Antónia Correia

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 29 de Janeiro de 2019 Read More →
Política de Aquisição de Conteúdos (OpenAIRE)

Política de Aquisição de Conteúdos (OpenAIRE)

No último trimestre de 2018 a Infraestrutura OpenAIRE apresentou e tornou pública a sua nova Política de Aquisição de Conteúdos (OpenAIRE) – OpenAIRE’s Content Aquisition Policy


A política de aquisição de conteúdos permite ao OpenAIRE recolher metadados de recursos provenientes de projectos de investigação científica (publicações, conjuntos de dados, software) e, estabelecer ligações entre estes recursos, que têm as mais variadas proveniências – repositórios institucionais ou disciplinares, portais agregadores, revistas digitais e bases de dados de publicações, repositórios de dados e de software.

O OpenAIRE ainda enriquece esses metadados, a partir das ligações (links) que faz entre estes diferentes produtos, através de processos de text and data mining (TDM). O core de toda esta acção, está na facilidade de acesso ao manancial de informação afeta a um projecto e a sua capacidade de interligar todos os seus produtos, permitindo que se tenha uma maior  monitorização dos fluxo de trabalho, no que diz respeito às publicações científicas, em prol da Ciência Aberta (ex. reprodutibilidade científica e avaliação mais transparente).

Neste sentido, o OpenAIRE incorpora metadados de todos os produtos científicos, desde que respeitem o modelo e a semântica expressos na diretrizes OpenAIRE. Por outras palavras, significa que, quer o recurso se apresente em acesso aberto ou não, este será recolhido, assim como serão feitas ligações (links) para outros produtos, sempre que possível (caso existam os Identificadores Únicos Persistentes – PID). O mesmo processo é aplicado aos conjuntos de dados (datasets) que possam conter ligações a outros recursos, estes não são integrados no OpenAIRE mas sim identificados (link) e redirecionados para a fonte original, onde estão depositados.

O OpenAIRE também coleta texto integral dos repositórios em acesso aberto, sempre que este se apresente acessível – via URL do registo de metadados. Esta informação é utilizada para o processo de text and data mining, com vista ao enriquecimento dos registos. Assim, o utilizador final poderá pesquisar e aceder à informação a partir do portal OpenAIRE, e para descarregar o ficheiro será reencaminhado para a fonte original do registo. Poderá saber mais sobre a utilização do texto integral aqui.

Outras informações adicionais veja aqui.


Autor: Paula Moura

Projetos Open Access | Universidade do Minho - Serviços de Documentação

By 28 de Janeiro de 2019 Read More →
10ª ConfOA: inscrições abertas

10ª ConfOA: inscrições abertas

Encontram-se abertas as inscrições para a 10ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta que em 2019 viaja até à Amazónia.

Este ano, a ConfOA é acolhida conjuntamente pela Universidade Federal do Amazonas, a Universidade do Estado do Amazonas e o Instituto Federal do Amazonas. A 10ª ConfOA decorrerá em Manaus, de 1 a 4 de outubro, com abertura e um pré-workshop no dia 1, o programa principal da conferência nos dias 2 e 3, e workshops pós-conferência previstos para 4 de outubro.

Mantendo o tema das duas ConfOA anteriores “Do Acesso Aberto à Ciência Aberta”, a 10ª ConfOA, assume a mudança de designação para Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta,  consagrando o alargamento do seu âmbito. A ConfOA pretende reunir as comunidades portuguesa, brasileira, bem como dos restantes países lusófonos, que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas relacionadas com a ciência aberta, em todas as suas dimensões, como o acesso aberto a publicações e a dados de investigação. A ConfOA assume-se como o espaço privilegiado para promover a partilha, discussão e divulgação de conhecimentos, práticas e investigação sobre estas temáticas, em todas as suas vertentes e perspetivas.

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas em: https://confoa.rcaap.pt/2019/

Outras informações relativas à 10ª ConfOA estão ou estarão brevemente disponíveis aqui.

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 21 de Janeiro de 2019 Read More →
10ª ConfOA: chamada de trabalhos

10ª ConfOA: chamada de trabalhos

A 10ª Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta (ConfOA) viaja até à Amazónia em 2019. Este ano, a ConfOA é acolhida conjuntamente pela Universidade Federal do Amazonas, a Universidade do Estado do Amazonas e o Instituto Federal do Amazonas. A 10ª ConfOA decorrerá em Manaus, de 1 a 4 de outubro, com abertura e um pré-workshop no dia 1, o programa principal da conferência nos dias 2 e 3, e workshops pós-conferência previstos para 4 de outubro.

Mantendo o tema das duas ConfOA anteriores “Do Acesso Aberto à Ciência Aberta”, a 10ª ConfOA, assume a mudança de designação para Conferência Luso-Brasileira de Ciência Aberta,  consagrando o alargamento do seu âmbito. A ConfOA pretende reunir as comunidades portuguesa, brasileira, bem como dos restantes países lusófonos, que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas relacionadas com a ciência aberta, em todas as suas dimensões, como o acesso aberto a publicações e a dados de investigação. A ConfOA assume-se como o espaço privilegiado para promover a partilha, discussão e divulgação de conhecimentos, práticas e investigação sobre estas temáticas, em todas as suas vertentes e perspetivas.

Assim, convidamos a comunidade a apresentar propostas de trabalhos sobre os seguintes temas:

  • Acesso Aberto e Dados de Investigação Abertos: sistemas, políticas e práticas
    • Repositórios digitais – institucionais, temáticos, de dados de investigação ou de património cultural
    • Revistas científicas de acesso aberto e tendências na comunicação e divulgação científica
    • Publicação institucional em acesso aberto
    • Gestão e partilha de dados de investigação – princípios FAIR, planos de gestão dados e infraestruturas para a gestão de dados de investigação
    • Definição, análise e avaliação de políticas institucionais e de financiadores
    • Modelos e padrões de metadados
    • Preservação Digital
    • Direitos de autor e acesso aberto
  • Ciência Aberta e outras expressões de conhecimento aberto
    • Ética, Integridade da Investigação e RRI (Investigação e Inovação Responsáveis)
    • Modelos tradicionais e alternativos de avaliação da Ciência (bibliometria e métricas alternativas)
    • Ciência cidadã
    • Dados governamentais abertos
    • Outras práticas de conhecimento aberto (hardware e software livre, educação aberta)
  • Gestão de informação de Ciência e Tecnologia
    • CRIS – Sistemas de Gestão de informação de Ciência e Tecnologia
    • Interoperabilidade entre sistemas de informação de apoio à atividade científica e académica
    • Normas e diretrizes
    • Identificadores persistentes

Acolheremos propostas sobre estes temas, bem como outros temas relacionados com os aspetos políticos, sociais, organizativos ou técnicos relacionados com a ciência aberta.

https://confoa.rcaap.pt/2019/

Processo de apresentação de propostas

Comunicações (Apresentação oral de 15 minutos)

As propostas para comunicação devem ter um mínimo de 2 páginas e um máximo de 4 páginas (ver e utilizar o modelo de proposta de comunicação). As propostas devem apresentar investigação ou desenvolvimento originais, privilegiando-se os trabalhos que relatem casos gerais (ou seja relativos a mais do que uma instituição ou sistema) e/ou que tenham relevância para uma audiência alargada.

As propostas com qualidade e relevância que não possam ser aceites como comunicações, poderão ser consideradas para apresentação como Pecha Kucha ou Póster.

Pecha Kuchas

Os Pecha Kucha são apresentações de 7 minutos, com não mais de 24 slides. As propostas deverão ter um mínimo de 1 página e um máximo de 2 páginas (ver e utilizar o modelo de proposta de Pecha Kucha). As propostas de Pecha Kucha podem apresentar trabalhos de investigação e desenvolvimento recentes ou em conclusão, e eventualmente casos concretos e localizados, mas com interesse e relevância geral.

As propostas com qualidade e relevância que não possam ser aceites como Pecha Kucha poderão ser consideradas para apresentação como Póster.

Painéis

As propostas de painel deverão ter um mínimo de 1 página e um máximo de 2 páginas (ver e utilizar o modelo de proposta de painel). As sessões de painel devem versar sobre temas e assuntos (das tecnologias às políticas) que tenham potencial interesse para a maioria dos participantes na ConfOA. Os painéis devem incluir diversos participantes como apresentadores (e desejavelmente com diversidade de pontos de vista, contextos, etc.). O painel deve prever tempo para pequenas apresentações dos integrantes do painel, e tempo para discussão com a audiência. O tempo total do painel será de 90 minutos.

Pósteres

Convidamos a apresentação de propostas de pósteres, que devem ter 1 página (ver e utilizar o modelo de proposta de póster), que servem para apresentar trabalho ainda em desenvolvimento ou experiências locais. Os pósteres serão exibidos em formato papel ou formato digital (serão dadas indicações e instruções para a apresentação dos pósteres após a aceitação das propostas), e serão apresentados oralmente na sessão “O meu Póster num minuto”.

Workshops e Tutoriais

O último dia da ConfOA será dedicado à realização de workshops e tutoriais.
Convidamos a apresentação de propostas de workshops e tutoriais sobre aspetos práticos ou teóricos relacionados com os temas da conferência. Deve ser utilizado o modelo de proposta de workshop ou tutorial, e a proposta de tutorial deve contemplar os seguintes aspetos:

  • O assunto e que conhecimentos se pretende transmitir
  • A dimensão da sessão (90 minutos, 180 minutos, ou dia completo)
  • O público-alvo e o número desejado de participantes
  • Os resultados de aprendizagem para os participantes
  • Requisitos tecnológicos e de espaço

Processo de avaliação

Todas as propostas de comunicação e Pecha Kucha serão avaliadas por dois membros (um do Brasil e um de Portugal) da Comissão Científica e as propostas de Póster, Painel e Workshops serão avaliadas pela Comissão Organizadora.

Aproximando-se das práticas de revisão por pares aberta, crescentemente defendidas como prática de ciência aberta, a revisão na ConfOA deixará de ser duplamente cega, e a identidade dos autores e dos avaliadores de cada trabalho será dada a conhecer.

Datas importantes:

21 de janeiro 2019: Chamada de trabalhos e abertura das inscrições

01  de abril 2019: Fim do prazo para apresentação de propostas

03 de junho 2019: Notificação da aceitação das propostas

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 21 de Janeiro de 2019 Read More →