publicações & documentos

Diretrizes políticas para o desenvolvimento e promoção do Acesso Aberto

Diretrizes políticas para o desenvolvimento e promoção do Acesso Aberto

Em Abril de 2012 a UNESCO publicou diretrizes políticas para o desenvolvimento e promoção do Acesso Aberto. Alma Swan, diretora da SPARC Europa, é a autora desta publicação.

Com o objetivo de promover o Acesso Aberto entre os Estados Membros, este documento é um recurso útil tanto para quem se inicia no Acesso Aberto como para conhecedores, apoiando decisores políticos, administradores e gestores de investigação científica no desenvolvimento de políticas de Acesso Aberto.

Esta publicação está disponível em Inglês sendo possível descarregá-la através deste endereço.

Para mais informações visite o seguinte website!

Autor: Clara Parente Boavida

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. A desempenhar funções como Open Access Advisor desde 2009.

Acesso Aberto (o livro)

Acesso Aberto (o livro)

O mais recente livro de Peter Suber foi lançado em Junho de 2012 com o nome ‘Open Access’ e publicado pela MIT Press. Enquanto aguardamos a sua disponibilização em acesso aberto, o que deverá ocorrer em Junho de 2013, podemos adquiri-lo na Amazon ou através da MIT Press.

Peter Suber é Diretor do projeto Harvard Open Access, desenvolve trabalho no Berkman Center for Internet & Society e é investigador sênior na SPARC (Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition). É considerado um dos líderes mundiais do movimento do Acesso Aberto.

Neste livro, Peter Suber, descreve o conceito de Acesso Aberto e de que forma o Acesso Aberto beneficia os autores e leitores que desenvolvem investigação. Quais os custos associados, como podem ser evitados os problemas de direitos de autor e de que forma o Acesso Aberto tem evoluído nestes anos atingindo a relevância para a ciência atualmente confirmada. Conclui com um capítulo sobre o futuro do Acesso Aberto.

Apresenta-se como um recurso indispensável para investigadores, bibliotecários, administradores/políticos, financiadores de ciência e editores.

Mais informação disponível aqui.

Autor: Clara Parente Boavida

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. A desempenhar funções como Open Access Advisor desde 2009.

O auto-arquivo de publicações e os direitos de autor/copyright

O auto-arquivo de publicações e os direitos de autor/copyright

Folheto informativo produzido pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho (SDUM), que visa ajudar na clarificação de alguns aspetos relacionados com os direitos de autor/copyright e o auto-arquivo de publicações no RepositóriUM – Repositório Institucional da Universidade do Minho. O seu conteúdo é dirigido essencialmente aos docentes e investigadores que pretendem auto-arquivar as suas publicações no repositório institucional dando cumprimento à política institucional de auto-arquivo assumida pela Universidade do Minho.

Briefing paper disponível aqui.

Consulte também no Scribd:
O auto-arquivo de publicações e os direitos de autor/copyright

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 22 de Agosto de 2012 Read More →
Domínio Público Digital: bases para uma Cultura Aberta

Domínio Público Digital: bases para uma Cultura Aberta

Título: The Digital Public Domain: foundations for an open culture
Editor(es): Melanie Dulong de Rosnay e Juan Carlos De Martin
Ano: 2012

Resumo:
This book brings together essays by academics, librarians, entrepreneurs, activists and policy makers, who were all part of the EU-funded Communia project. Together the authors argue that the Public Domain — that is, the informational works owned by all of us, be that literature, music, the output of scientific research, educational material or public sector information — is fundamental to a healthy society.
The essays range from more theoretical papers on the history of copyright and the Public Domain, to practical examples and case studies of recent projects that have engaged with the principles of Open Access and Creative Commons licensing. The book is essential reading for anyone interested in the current debate about copyright and the Internet. It opens up discussion and offers practical solutions to the difficult question of the regulation of culture at the digital age.

Referência: Melanie Dulong de Rosnay, Juan Carlos De Martin, (eds.), The Digital Public Domain: Foundations for an Open Culture, Open Book Publishers, Cambridge, UK, 2012, 220 p.

Link: http://www.communia-association.org/wp-content/uploads/the_digital_public_domain.pdf

Autor: Clara Parente Boavida

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. A desempenhar funções como Open Access Advisor desde 2009.

By 22 de Agosto de 2012 Read More →