By 19 de Fevereiro de 2014 Read More →

UMinho protagoniza esforço europeu para a ciência aberta no Horizonte 2020

A Universidade do Minho (UMinho) participa em dois novos projetos financiados pela Comissão Europeia (CE) que visam promover o Acesso Aberto (Open Access) e a Ciência Aberta (Open Science) de acordo com os objetivos do Horizonte 2020 (H2020), o programa-quadro de investigação e inovação, promovido pela CE que começou este ano.

As reuniões de abertura dos novos projetos, FOSTER e PASTEUR4OA, realizam-se nos dias 20 e 21 fevereiro de 2014, no Centro Avançado de Formação Pós-Graduada (CAFPG) da UMinho no campus de Couros,  em Guimarães, reunindo representantes dos cerca de 20 parceiros de ambos os projetos, que incluem algumas das mais relevantes instituições e organizações europeias no domínio do Acesso Aberto e dos Dados Abertos (Open Data).

O projeto FOSTER (www.fosteropenscience.eu), acrónimo de Facilitate Open Science Training for European Research, é uma iniciativa liderada pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho e tem por objetivo promover, através de formação e disseminação, o conhecimento e as práticas de Acesso Aberto, Dados Abertos e Ciência Aberta, junto de todos os participantes do Espaço Europeu de Investigação (EEI). O FOSTER terá particular enfoque no apoio ao cumprimento das políticas e regras de participação relacionadas com o Acesso Aberto estabelecidas para o Horizonte 2020 (http://ec.europa.eu/programmes/horizon2020/en/what-horizon-2020). No âmbito do H2020, todas as publicações com financiamento europeu terão de ser depositadas em repositórios e ficar disponíveis em Acesso Aberto, com eventuais períodos de embargo a não poderem exceder os 6 ou 12 meses (para as ciências sociais e humanas).

A estratégia do FOSTER irá combinar diferentes métodos e atividades de formação, desde a formação presencial, o uso de e-learning e autoaprendizagem, tentando atingir o maior número de participantes no EEI e acomodar as diferentes necessidades e práticas de formação nos vários países e disciplinas científicas.

O FOSTER, o primeiro projeto europeu coordenado pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho, terá a duração de 24 meses e poderá ser acompanhado através do seu website (www.fosteropenscience.eu) e no Twitter @fosterscience.

Quanto ao segundo projeto, PASTEUR4OA (www.pasteur4oa.eu), sigla de Open Access Policy Alignment Strategies for European Union Research, visa apoiar e incentivar o desenvolvimento de  políticas de Acesso Aberto e Dados Abertos na União Europeia de acordo com a recomendação da CE (http://eur-lex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.do?uri=CELEX:32012H0417:PT:NOT) de julho de 2012, com vista a manter um alinhamento com a política do Horizonte 2020 sobre o acesso à investigação financiada pela Comissão Europeia.

O PASTEUR4OA tem como objetivos desenvolver as estratégias e políticas de Acesso Aberto a um nível nacional, construindo uma rede de centros de especialidade em cada estado membro e países vizinhos designada por ‘Knowledge Net’ que envolva decisores políticos, financiadores e instituições que realizam investigação. O projeto PASTEUR4OA terá a duração de 36 meses, integra 15 parceiros, entre os quais a Universidade do Minho, e é coordenado pelo EKT/NHRF (Grécia).

Para mais informações sobre estes projetos, contactar os Serviços de Documentação da Universidade do Minho: Eloy Rodrigues | telefone: 253604150 | email openaccess@sdum.uminho.pt)

Autor: Eloy Rodrigues

Diretor dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho

Comments are closed.