By 23 de Maio de 2017 Read More →

CALL: Acolhimento da 9ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto

Período de manifestações de interesse e candidaturas

Informam-se todas as instituições do sistema científico e de ensino superior nacional que se encontra aberto o período para apresentação de candidaturas para acolhimento da 9ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto.

As conferências Luso Brasileiras de acesso aberto surgiram na sequência do Memorando de Entendimento assinado entre os Ministros da Ciência e Tecnologia de Portugal e do Brasil em outubro de 2009. A primeira foi organizada em 2010 pela Universidade do Minho e a oitava irá realizar-se-á de 4 a 6 de outubro de 2017 no Rio de Janeiro, Brasil.

Estas conferências pretendem reunir as comunidades brasileiras e portuguesas que desenvolvem actividades (pesquisa, desenvolvimento, gestão de serviços, definição de políticas, etc.) relacionadas com o acesso aberto e a ciência aberta.

As instituições que estejam interessadas em acolher a 9ª Conferência Luso Brasileira de Acesso Aberto deverão, até ao dia 3 de Julho de 2017, comunicar esse interesse enviando uma mensagem de correio electrónico para o endereço info@rcaap.pt, com os seguintes elementos:

  1.    Nome e breve caracterização da instituição;

  2.    Motivação para acolherem a conferência;

  3.    Composição da comissão organizadora local (2 a 3 elementos) que será responsável por, em articulação com a comissão organizadora permanente portuguesa e brasileira, organizar a conferência;

  4.    Caracterização dos espaços considerando que:

  5. a)    É necessário um auditório com capacidade para cerca de 300 pessoas;

  6. b)    São necessários espaço(s) junto ao local da conferência para afixação dos posters, para a realização de coffee breaks e de almoços, e para o registo dos participantes;

  7. c)    É desejável dispor de outra sala/auditório com capacidade para cerca de 100 pessoas (para o caso de ser necessário realizar sessões paralelas);

  8. d)    É desejável dispor de 1 ou 2 salas pré/pós evento, com capacidade para entre 50 e 100 pessoas, para eventuais tutoriais/oficinas conferência;

  9.   Caracterização dos serviços de áudio e vídeo indicando não apenas as principais características do equipamento disponível em cada um dos espaços como também os potenciais recursos para os operarem;

  10.   Confirmação da disponibilidade em assegurar as actividades de logística considerando que é necessário tratar dos aspectos relacionados com as inscrições e coffee-breaks de todos os participantes; o alojamento, viagens e refeições dos convidados; o merchandising (pastas/mochilas, pendurantes/crachats e eventualmente outros materiais) e ainda materiais de promoção, divulgação e sinalética bem como a relação com potenciais patrocinadores;

  11.    Custos a suportar pela FCT|FCCN. Considerando uma estimativa global dos custos totais do evento (viagens e alojamento de convidados, merchandising e materiais de promoção, coffee-breaks, refeições dos membros da comissão organizadora, científica e convidados, etc.), a existência de eventuais patrocínios e de suporte financeiro da própria instituição, quais os custos que teriam de ser suportados pela FCCN.

A FCT|FCCN assegurará a disponibilização e a gestão da plataforma de gestão da conferência.

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

Comments are closed.