By 7 de Fevereiro de 2019 Read More →

Bootcamp Luso-Español FOSTER para formação de formadores em Ciência Aberta

Interessa-se pela ciência aberta e quer partilhar os seus conhecimentos e competências com investigadores ou pessoal de apoio à investigação? Já oferece formação, mas procura formas de a tornar mais eficaz? Se respondeu sim a alguma destas perguntas, considere candidatar-se ao Bootcamp Luso-Espanhol para Formação de Formadores em Ciência Aberta! Este evento de formação de dois dias terá lugar em 25 e 26 de março de 2019, na Universidade de Salamanca, organizado pelo projeto FOSTER com a colaboração da REBIUN.

Acerca do Bootcamp
Durante um intenso programa de dois dias, vamos ajudá-lo a tornar-se um melhor formador de ciência aberta. O Bootcamp irá concentrar-se na Ciência Aberta (primeiro dia) e na Formação (segundo dia), abrangendo, entre outros tópicos:
– Fluxos de trabalho e ferramentas da ciência aberta; 
– Dados de investigação abertos;
– Acesso aberto;
– Competências, técnicas e ferramentas de formação;
– Organização de eventos de formação.
Depois de completar este Bootcamp, estará mais capacitado e disporá de novas ferramentas para realizar formação em ciência aberta para investigadores na sua instituição ou comunidade.

Quem deve participar?
Estamos à procura de bibliotecários, pessoal de apoio à investigação, investigadores em início de carreira e outros interessados de Espanha ou Portugal que estejam motivados e que planeiem ministrar formação em ciência aberta em 2019.

Que despesas são cobertas?
O projeto FOSTER fornecerá refeições durante a formação. Para um número limitado de participantes, o FOSTER poderá oferecer alojamento num quarto individual ou partilhado (para duas pessoas).
Para os participantes de Portugal será organizado um transporte de ida e volta a partir de pontos de encontro a determinar (provavelmente Porto e/ou Aveiro).

Critérios de Elegibilidade e Avaliação 
Os candidatos devem satisfazer os seguintes critérios:
– Praticar ou prestar apoio nas práticas de ciência aberta, acesso aberto, ou dados abertos.
– Realizar ou planear realizar cursos de formação e workshops sobre ciência aberta, acesso aberto, dados abertos nas suas instituições ou comunidades em 2019.

As candidaturas serão avaliadas pela equipa de projeto FOSTER e da REBIUN de acordo com os seguintes critérios:
– Potencial e motivação para realizar formação sobre ciência aberta em 2019 nas instituições ou comunidades a que pertença: 70%.
– Experiência prévia como formador, particularmente em temas relacionados com a ciência aberta: 30%.
Outros critérios que serão tidos em conta:
– Participação nos grupos de trabalho da REBIUN (para os candidatos de Espanha);
– Geográfico e Institucional (para estabelecer uma boa representação das instituições e das regiões de Portugal e Espanha);
– Género (para assegurar um bom equilíbrio de género na seleção).

Inscreva-se agora!
Inscreva-se através do formulário de inscrição online. O prazo final para as candidaturas é 22 de fevereiro e iremos informá-lo se foi ou não selecionado no dia 1 de março. Se, entretanto, tiver alguma dúvida, envie um e-mail para openaccess@sdum.uminho.pt 

Autor: Antónia Correia

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

Comments are closed.