DSpace 7.0 já se encontra disponível!

. 3 de Agosto de 2021

O tão esperado e aguardado DSpace 7.0 já se encontra disponível! O anúncio foi feito pela LYRASIS.

Este lançamento disponibiliza uma interface de utilizador (UI) (Angular) totalmente nova, que pretende reunir o melhor dos mundos JSPUI e XMLUI.

Todas as funcionalidades nesta versão do DSpace são reimaginadas e reimplantadas. Esta nova UI é também apoiada por uma nova REST API, que abre todos os dados e funcionalidades para a web, permitindo ao DSpace integrar ou interagir com sistemas/serviços externos como nunca antes.

Kristi Park, DSpace Governance Chair and Texas Digital Library Executive Director diz que o “DSpace 7.0, a maior versão da nossa história com mais de 1 milhão de linhas de código DSpace alteradas, é superior às últimas 4 grandes versões combinadas. Apesar da pandemia global, aceleramos o nosso desenvolvimento, disponibilizando um total de 5 lançamentos Beta, culminando numa prova comunitária Testathon. Este lançamento é o resultado da dedicação, determinação e empenho da nossa comunidade que continuamente alimenta o programa DSpace”.

O DSpace 7.0 foi desenvolvido cooperativamente por mais de 60 participantes, liderados pela LYRASIS, Atmire e 4Science. Esta versão tem contado com uma participação ativa da equipa do Projeto RCAAP no seu desenvolvimento.

O que apresenta de novo o Dspace 7.0?

  • Uma nova UI baseada em Angular (para substituir XMLUI e JSPUI). O objetivo da nova UI é implementar todas as principais funcionalidades, tanto do XMLUI como do JSPUI numa única e  moderna UI.
  • Uma nova e completa REST API (utilizando as melhores práticas REST modernas). O objetivo da nova REST API é implementar uma arquitetura moderna, segura, independente e expansível.
  • Submissões, fluxos de trabalho e Área pessoal foram redesenhadas, bem como uma nova página inicial com uma interface de arrastar e largar.
  • Um novo modelo de objetos de Entidades Configuráveis, que permite a criação de novos “tipos” de Itens, e o armazenamento de relações entre Itens. Esta característica permite uma integração mais estreita com sistemas de identificação externos (por exemplo, ORCID), sistemas de informação de pesquisa atuais (CRIS), sistemas de publicação de revistas, etc.

Esta versão disponibiliza as funcionalidades que se consideram mais utilizadas, pelo que haverá outras que foram adiadas para versões 7.x posteriores.

Documentação para consulta:

Raquel Truta

Membro da equipa do gabinete de Gestão de Informação Científica, Repositórios e Ciência Aberta

Tags: , , ,

Categorias: blogue & notícias, nacional, RCAAP, recursos & referência, repositórios, sobre os projetos, temático

Comentários encerrados.