Ferramenta para autoavaliação de repositórios face ao Plan S: nova funcionalidade OpenDOAR

. 13 de Setembro de 2021

O OpenDOAR disponibilizou uma nova funcionalidade, o Plan S Self-Assessment Tool (Beta), que pretende ajudar a aferir qual é o estado de repositório(s) face aos seis requisitos para repositórios previstos no Plano S.  Esta nova funcionalidade visa apoiar os repositórios no seu alinhamento com o Plano S e contribuir para a sua melhoria contínua.

A quem se destina?

A nova funcionalidade será de interesse para gestores de repositórios que desejem verificar o estado do seu repositório (ou repositórios) face aos requisitos previstos no Plano S.

Principais características

– As avaliações são simples e, uma vez concluídas, dão-lhe uma pontuação, que evidencia os requisitos que foram: a) cumpridos, b) estão em vias de ser implementados, e c) os que não foram cumpridos.

– Podem ser criadas contas privadas para cada repositório (ou repositórios), onde se podem fazer avaliações ilimitadas

– A ferramenta fornece orientações detalhadas e implementáveis e dicas de boas práticas para ajudar os gestores de repositórios a trabalhar no sentido de alcançar os requisitos do Plano S.

Recorde-se que a iniciativa Plano S foi lançada em setembro de 2018, suportada pelo cOAlition S, um consórcio internacional de financiadores de investigação, e na sua essência requer que, a partir de 2020, todas as publicações científicas resultantes de investigação financiada por fundos públicos sejam publicadas em Acesso Aberto.

O Plano S assenta em 10 princípios basilares que apresentam orientações para a sua implementação, sendo que os membros do cOAlition S assumiram o compromisso de implementar, as medidas necessárias para a cumprir com o seu princípio fundamental:

Após 1 de Janeiro de 2020, as publicações científicas resultantes da investigação financiada por subvenções públicas concedidas por conselhos de investigação nacionais e europeus e organismos de financiamento, devem ser publicadas em revistas de acesso aberto ou em plataformas de acesso aberto conformes.

Em paralelo com políticas já existentes e que promovem a publicação em Acesso Aberto dos resultados de investigação com financiamento público (cf. políticas FCTCE), esta iniciativa visa acelerar a transição para o Acesso Aberto e Ciência Aberta, tendo como desiderato  tornar toda a investigação resultante de financiamento público disponível em Acesso Aberto.

Mais informações sobre como implementar o Plano S:
Guidance on the Implementation of Plan S

Ricardo Saraiva

Gestor do RepositóriUM - repositório institucional da Universidade do Minho.

Tags: , , , , ,

Categorias: blogue & notícias, institucional, internacional, nacional, políticas, recursos & referência, repositórios

Comentários encerrados.