Eventos

Set
1
Dom
2013
10th International Conference on Preservation of Digital Objects10th International Conference on Preservation of Digital Objects @ Lisboa, IST - Instituto Superior Técnico
Set 1_Set 5 todo o dia

iPRES-2013 will be co-located with DC-2013, the International Conference on Dublin Core and Metadata Applications.

A unique common registration will give full access for each delegate to the programme of both the conferences (keynotes will be held in plenary sessions, papers sessions specific of each conference will run in parallel) – http://ipres2013.ist.utl.pt/index.html.

Agenda Overview:

Tutorials: 2 September 2013

Main conference: 3-5 September 2013 (opening the 3 September morning; closing 5 September noon).

Workshops: 5 September 2013 on… (workshops will start the afternoon of the 5 September, lasting half day, full day, …, what necessary…)

Side Meetings: The conference will be held in the campus of an engineering school, the week before classes start. Plenty of room will be available for isde meetings (projects, working groups, birds of feather, …).

Nov
4
Sex
2016
Workshop: Acesso Aberto no IPV @ Instituto Politécnico de Viseu
Nov 4@9:30_12:30

Tudo sobre o Acesso Aberto no IPV: as infraestruturas, os serviços e os requisitos FCT e H2020

Formadores: Ricardo Saraiva – Universidade do Minho; Paulo Lopes – FCT/FCCN; Vasco Vaz – FCT; Ângelo Fonseca – Instituto Politécnico de Viseu

Data: 4 de novembro, 3 horas, 9:30 – 12:30

Local: Instituto Politécnico de Viseu

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

Sessão que tem como objetivo prestar apoio à comunidade do IPV na adesão ao Acesso Aberto, informando-os do que é o Acesso Aberto, que serviços de apoio ao Acesso Aberto existem em Portugal, nomeadamente o RCAAP e as redes de repositórios institucionais, quais são os requisitos de Aceso Aberto dos financiadores de ciências mais relevantes para os investigadores do IPV, que métodos de cumprimento desses requisitos foram ou estão a ser implementados e, por fim, no que consiste o seu próprio repositório institucional e de que forma este os poderá apoiar na adesão e cumprimento dos requisitos de Acesso Aberto.

Programa:

  1. Introdução ao Acesso Aberto – conceitos base, vias, benefícios e mitos
  2. O RCAAP, a rede de repositórios nacionais e o OpenAIRE
  3. Políticas e requisitos de Acesso Aberto dos financiadores de ciência— A Política de Acesso Aberto da Comissão Europeia no financiamento do H2020
    — A Política de Acesso Aberto da FCT
  4. O RCAAP e a implementação das Políticas de Acesso Aberto da FCT e do H2020
  5. A implementação da Politica de Acesso Aberto nos sistemas da FCT de gestão de projetos de investigação – reporte científico e financeiro
  6. O Repositório do IPV – serviços e funcionalidades
  7. Sessão de debate, perguntas e respostas
Workshop: Sistemas CRIS @ Instituto Politécnico de Viseu - Portugal
Nov 4@9:30_12:30

Sistemas de Gestão de Ciência e Repositórios

Formadores: João Mendes Moreira – FCT/FCCN; Fernando Ribeiro – FCT/FCCN; Cátia Laranjeira – FCT/FCCN, José Carvalho – Universidade do Minho

Data: 4 de novembro 2016, 9:30 – 12:30

Local: Instituto Politécnico de Viseu

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

A gestão de ciência tem ganho, nos últimos anos, um papel cada vez mais importante pois a mesma tem o potencial de permitir:aceder a informação relevante, gerir e reportar, optimizar o processo de financiamento, medir e analisar a actividade de investigação, descobrir tecnologias e ideias inovadoras, identificar da concorrência, aceder a informação fidedigna, completa e atualizada sobre as instituições onde se pratica investigação.

Este workshop está organizado em duas partes. A primeira visa traçar um panorama sobre os sistemas de gestão de ciência e o referencial normativo necessário para os interligar. A segunda visa explicar o papel dos repositórios no ecossistema de gestão de ciência e as boas práticas para assegurar uma interação neste ecossistema.

Programa:

1 Introdução/Motivação: Sistemas de gestão de ciência
2 Diretrizes nacionais e internacionais, infraestruturas e serviços
3 Repositórios: Desafios de alinhamento com diretrizes nacionais/internacionais
4 Repositórios e a política de acesso aberto da FCT
Intervalo
5 DSpaceCRIS: Gerir ciência com um repositório institucional
6 DSpaceCRIS e o RCAAP
7 Questões, debate e encerramento