SOBRE OS PROJETOS

Atas da 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto já disponíveis nos Cadernos BAD

Atas da 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto já disponíveis nos Cadernos BAD

Capa-cadernos-bad-2016Em jeito de encerramento dos trabalhos relativos à ConfOA 2016, no final do passado mês de dezembro, foi publicado o número dos Cadernos BAD (nº2, 2016) o qual disponibiliza quase todos os artigos e pechas kuchas apresentados na 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA) realizada nos dias 2, 3 e 4 de novembro de 2016, no Instituto Politécnico de Viseu.

Como descrito no editorial deste número especial, as temáticas dos trabalhos apresentados abrangem “um largo espectro temático, que vai desde a gestão de dados científicos, até à publicação de revistas científicas ou as políticas de Acesso Aberto, passando pelas questões dos direitos de autor, da bibliometria, da interoperabilidade e dos sistemas de gestão de informação científica (…) contribuindo para a partilha e atualização dos últimos desenvolvimentos do Acesso Aberto, particularmente, no mundo lusófono”.

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 3 de Janeiro de 2017 Read More →
8ª ConfOA: 4, 5 e 6 de outubro de 2017

8ª ConfOA: 4, 5 e 6 de outubro de 2017

Logos_CONFOA_2017A 8ª edição da Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto, nos próximos dias 4, 5 e 6 de outubro de 2017 irá realizar-se na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, Brasil.

Dando continuidade ao êxito das edições anteriores, o evento será organizado em parceria, pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho (SDUM), pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e pela Instituição que acolhe o evento. Em 2017 será a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A ConfOA, com realização alternada entre Portugal e Brasil, tem como objetivo reunir as comunidades portuguesa e brasileira, que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas relacionadas com o Acesso Aberto ao conhecimento e com a Ciência Aberta, com o propósito de promover a partilha, discussão e divulgação de conhecimentos, práticas e investigação sobres estas temáticas, em todas as suas dimensões e perspetivas.

Durante o mês de janeiro serão divulgados os formatos, as modalidades e o período em que os trabalhos poderão ser submetidos.

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 20 de Dezembro de 2016 Read More →
Mobilidade BAD encerra as visitas de 2016 aos SDUM

Mobilidade BAD encerra as visitas de 2016 aos SDUM

No âmbito do Programa de Mobilidade BAD, o Gabinete de Projetos dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho tem vindo a receber colegas representantes de universidades nacionais desde 2014.

O ano de 2016 não foi exceção e dedicou os dias de 24 e 25 de novembro ao tema: “Projetos Open Access da Universidade do Minho: do RepositóriUM à infraestrutura Europeia do Acesso Aberto”, contando com 4 participantes oriundos da Universidade Nova de Lisboa, da Universidade de Coimbra e dois alunos de Doutoramento cuja investigação recai sobre a temática abordada.

IMG_20161124_111528

O programa proposto teve como principal foco as atividades desenvolvidas pelo Gabinete de Projetos, que têm desenvolvido, ao longo dos últimos anos, um vasto trabalho na dinamização dos repositórios institucionais e no desenvolvimento do Acesso Aberto no panorama nacional e internacional.

Este e outros programas que os SDUM têm vindo a acolher representam excelentes oportunidades para a troca de experiências profissionais e partilha de informação em virtude da melhor compreensão e disseminação do Acesso Aberto.

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 30 de Novembro de 2016 Read More →
Visita Técnica ao IBICT

Visita Técnica ao IBICT

Decorreu nos dias 21 a 24 de novembro 2016 uma visita técnica ao Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) com o intuito de partilhar os desenvolvimentos das equipas do projeto RCAAP e OASISBR.

Durante estes dias foram efetuadas apresentações sobre os serviços atuais e o trabalho futuro. O principal ponto de discussão foi o desenvolvimento de ferramentas e funcionalidades que suportam os portais nacionais (Portal RCAAP e OASISBR). Houve ainda a oportunidade de contar remotamente com a equipa do projeto La Referência com que o IBICT tem vindo a colaborar. Esteve também presente um elemento técnico do Repositório da UFMA – Universidade Federal do Maranhão.

ibict

Associada à temática de portais agregadores, foi também discutida a necessidade de novos esquemas de metadados, passando obviamente por introduzi-los nos repositórios, quer seja através de esquemas existentes ou de novos como o CERIF-XML.

Do lado brasileiro, foram apresentados os desenvolvimentos do novo Portal SEER, um diretório de revistas com uma caracterização e validação bastante completas. Este desenvolvimento poderá servir para substituir o atual diretório Luso-Brasileiro por exemplo.

Foi ainda apresentado o dashboard de estatísticas associado à BDTD, que será depois alargado aos repositórios integrados no OASISBR. Este dashboard público permitirá obter facilmente estatísticas sobre o conteúdo do sistema como um todo ou dos recursos em particular.

Finalmente, além da partilha de código dos vários serviços, foi discutido o modelo de gestão do OASISBR com base na experiência do projeto RCAAP, deixando em aberto um novo serviço de apoio ao utilizador e uma nova estrutura de gestão baseada principalmente nas recentes redes criadas RRIAA (Redes de Repositórios Institucionais de Acesso Aberto).

Autor: José Carona Carvalho

Gestor de Projeto no Gabinete de Projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho. Gestão dos serviços de informação, apoio e formação são as áreas de intervenção.

By 24 de Novembro de 2016 Read More →
7ª Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Aberto: programa completo

7ª Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Aberto: programa completo

ipv.fw

Irá decorrer, nos próximos dias 2, 3 e 4 de novembro, no Instituto Politécnico de Viseu, a 7ª Conferência Luso-Brasileira de Acesso Aberto, cujo programa já se encontra disponível, e pode ser consultado aqui.

Destacamos a realização de 3 workshops que se irão realizar no dia 4 de novembro (9:30 – 12:30), em paralelo, em três locais distintos, para os quais se encontram abertas as incrições:

  • workshop 1 – Acesso Aberto no IPV: Tudo sobre o Acesso Aberto no IPV: as insfraestruturas, os serviços e os requisitos FCT e H2020. Formadores: Ricardo Saraiva – Universidade do Minho; Paulo Lopes – FCT/FCCN; Vasco Vaz – FCT; Ângelo Fonseca – Instituto Politécnico de Viseu. Local: Instituto Politécnico de Viseu.

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

  • workshop 2 – Sistemas CRIS: Sistemas de Gestão de Ciência e Repositórios. Formadores: João Mendes Moreira – FCT/FCCN; Fernando Ribeiro – FCT/FCCN; Cátia Laranjeira – FCT/FCCN, José Carvalho – Universidade do Minho. Local: Instituto Politécnico de Viseu.

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

  • workshop 3 – OpenAIRE Portugal: Ciência Aberta e os Requisitos dos Financiadores: Open Access e Open Data no Horizonte 2020. Formadores: Stephen Curry – Imperial College London (Faculty of Natural Sciences); Eloy Rodrigues – Universidade do Minho; Pedro Príncipe – Universidade do Minho. Local: Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra (ver: www.uc.pt/iii/contactos).

Inscriçõeshttps://goo.gl/forms/n2rQN7LL1Y1e3ud42

A inscrição é gratuita, mas obrigatória para cada um dos workshops, sendo o número de inscrições limitado à capacidade das salas.

Em caso de dúvida poderão usar o email: confoa2016@pres.ipv.pt

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 13 de Outubro de 2016 Read More →

ÚLTIMOS RECURSOS

MCTES, em articulação com o MC, pretende criar um Diretório de Repositórios Digitais

MCTES, em articulação com o MC, pretende criar um Diretório de Repositórios Digitais

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, em articulação com o Ministério da Cultura, está a criar um Diretório de Repositórios Digitais (DRD).

rdcO DRD (http://repositorios-conhecimento.pt) é uma infraestrutura digital criada com o propósito de identificar e constituir um referencial de acesso aos repositórios digitais de Portugal nas áreas da Ciência e da Cultura, no sentido de divulgar e estimular a utilização dos repositórios digitais, bem como promover a normalização técnica e práticas de preservação digital

Esta iniciativa reflete a política do governo no sentido da valorização da produção científica nacional, da promoção do conhecimento e da criação de condições para a sua partilha, a preocupação no sentido do reforço da responsabilidade cultural e patrimonial, em articulação com o enunciado conducente à adoção de uma política nacional de ciência aberta (http://www.ciencia-aberta.pt/pnca), contemplando a promoção e a difusão da cultura científica e tecnológica e a cooperação internacional, nomeadamente com os países de língua oficial portuguesa.

A primeira fase deste projeto – identificação e caracterização dos repositórios digitais pertencentes a instituições de ciência e cultura – decorre até 30 de janeiro, estando disponível um formulário para recolha de dados.

Qualquer pedido de esclarecimento deverá ser enviado para repositorios-conhecimento@mctes.gov.pt

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 5 de Janeiro de 2017 Read More →
Apresentações do Workshop OpenAIRE Portugal – Ciência Aberta, Open Access & Open data no H2020

Apresentações do Workshop OpenAIRE Portugal – Ciência Aberta, Open Access & Open data no H2020

Decorreu no dia 4 de novembro de 2016 o Workshop OpenAIRE Portugal dedicado ao tema: “Ciência Aberta e os requisitos dos financiadores: Open Access e Open Data no H2020”.

banner_workshop_openaire

Todas as apresentações realizadas ficam disponíveis para download:

Apresentação do workshop e introdução OpenAIRE, Ana Miguéis (Universidade do Coimbra) e Eloy Rodrigues (Universidade do Minho) – SLIDES

From Open Access to Open Science, Stephen Curry (Imperial College London – Faculty of Natural Sciences) – SLIDES

Acesso Aberto no H2020: requisitos da política de Acesso Aberto da CE no Horizonte 2020, Eloy Rodrigues (Universidade do Minho) – SLIDES

Dados Abertos no H2020: projeto piloto dos dados abertos e gestão de dados de investigação no Horizonte 2020, Pedro Príncipe (Universidade do Minho) – SLIDES

OpenAIRE: serviços e ferramentas para projetos, Pedro Príncipe (Universidade do Minho) – SLIDES

image1

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 8 de Novembro de 2016 Read More →
Slides e gravação: webinars integrados nos cursos eLearning do projeto FOSTER

Slides e gravação: webinars integrados nos cursos eLearning do projeto FOSTER

FOSTER_header-300x160Realizaram-se dois cursos eLearning, no âmbito do projeto FOSTER – Facilite Open Science Training for European Research, os quais tiveram como objetivos alertar para as diretrizes do piloto de dados científicos no programa H2020 e informar os investigadores sobre o cumprimento do mandato de Acesso Aberto do H2020.

Estes cursos foram promovidos pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho, enquanto coordenadores do projeto FOSTER.

Os conteúdos apresentados nos webinars estão acessíveis e disponíveis no webiste do projeto FOSTER mas também aqui:

Piloto de Dados Científicos Abertos no H2020

Acesso Aberto às Publicações Científicas do H2020

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 14 de Julho de 2016 Read More →
Webinars 2016 do OpenAIRE Portugal: saiba onde encontrar todas as gravações e slides

Webinars 2016 do OpenAIRE Portugal: saiba onde encontrar todas as gravações e slides

Do dia 08 de fevereiro ao dia 05 de abril de 2016 foram realizados cinco webinars que tiveram como objetivo geral apoiar a implementação da política Open Access da Comissão Europeia para o Horizonte 2020. Os webinars foram promovidos pelos Serviços de Documentação da Universidade do Minho, enquanto Secretariado Nacional Open Access do projeto OpenAIRE, em parceria com a iniciativa nacional RCAAP e os projetos europeus FOSTER e PASTEUR4OA.

banner_webinars_openaire_projetos_2016Todos os conteúdos apresentados nos webinars previstos para o 1º semestre de 2016 estão disponíveis via site dos projetos Open Access da UMinho.

Autor: Raquel Truta

Membro da equipa de projetos Open Access dos Serviços de Documentação da Universidade do Minho.

By 13 de Abril de 2016 Read More →
Projeto-piloto de Dados Abertos no H2020 apresentado no webinar OpenAIRE

Projeto-piloto de Dados Abertos no H2020 apresentado no webinar OpenAIRE

A Comissão Europeia (CE) criou no âmbito do Horizonte 2020 o projeto-piloto de dados abertos que visa melhorar e maximizar o acesso e a reutilização dos dados de investigação gerados pelos projetos que financia. A CE requer aos investigadores o depósito dos dados de investigação, incluindo metadados associados, necessários para validar os resultados apresentados em publicações científicas, especificando ainda a necessidade de definição de planos para a gestão dos dados produzidos.

webinar_dados_2016

Os Serviços de Documentação da Universidade do Minho, enquando secretariado nacional da infraestrutura OpenAIRE, realizaram no dia 5 de abril um webinar de esclarecimento sobre os dados abertos no Horizonte 2020, detalhando os requisitos do projeto-piloto da CE para os dados abertos de investigação no H2020.

Os webinar de hora e meia apresentou cinco tópicos:

  1. Do piloto Open Access no 7ºPQ ao piloto dos Dados Abertos no H2020
  2. Detalhes do projeto piloto dos dados de investigação abertos no H2020
  3. Planos de Gestão de Dados no piloto de dados abertos do H2020
  4. Repositórios de dados e o Zenodo
  5. Dados científicos e os serviços de apoio da infraestrutura OpenAIRE

Autor: Pedro Príncipe

Profissional de informação, documentação e comunicação. Actualmente nos serviços de documentação da Univ. Minho como gestor de projectos Open Access - OpenAIRE e OpenAIREplus. Formador de TIC. Vive com paixão!

By 5 de Abril de 2016 Read More →